Feira do Ambiente “Anadia + Verde” sensibiliza para a necessidade de alterar comportamentos

Feira do Ambiente “Anadia + Verde” sensibiliza para a necessidade de alterar comportamentos

A 4ª Feira do Ambiente “Anadia + Verde” vai
ter lugar, nos próximos dias 7 e 8 de junho, na Praça Visconde de Seabra, em
Anadia, numa organização do Município de Anadia. Após o sucesso das edições anteriores,
o certame regressa para continuar a sua missão de dar espaço e protagonismo aos
produtos biológicos, às soluções ecológicas e à proteção do meio ambiente.

Ao longo de dois dias, o espaço vai acolher
diversas oficinas, ateliers, demonstrações, palestras, exposições, vinhos
biológicos e outras ações de divulgação da atividade das entidades
participantes, designadamente associações ligadas ao setor ambiental, estabelecimentos
de ensino, viveiros, empresas e produtores biológicos, havendo também um espaço
de restauração, onde serão servidos almoços e jantares biológicos e onde não
faltará o leitão assado biológico. Uma das novidades vai ser a utilização de pratos
e talheres biodegradáveis, mais ecológicos e amigos do ambiente. A área da
restauração estará a cargo da APPACDM de Anadia, revertendo a receita a favor
desta Instituição de Solidariedade Social.

Uma das atividades que vai decorrer, no sábado,
pelas 10h00, é o passeio interpretativo a um dos “ex-líbris” da cidade, o Monte
Crasto, e também ao Montouro. O passeio inicia-se no recinto da feira.

Tal como nas edições anteriores, o certame
será também palco para um encontro de automóveis elétricos, que vai ter lugar, no
dia 8 de junho, a partir das 15h00, e no qual serão explicadas e demonstradas
as vantagens e mais-valias deste tipo de veículos.

Sensibilizar a comunidade para a
necessidade de uma alteração de comportamentos em prol do ambiente é um dos
objetivos do Município, que pretende, ainda, incentivar a adoção de modos de
produção mais amigos do ambiente, e que afastem o recurso a tratamentos com
produtos químicos.

Promover a produção e o consumo de produtos
biológicos, dando-os a conhecer e exortando a população a consumir alimentos e
vinhos produzidos segundo métodos e técnicas que respeitam o meio ambiente é
também um objetivo deste evento.

Serão dois dias dedicados à promoção da
cidadania e da qualidade de vida da comunidade, que irão ainda proporcionar
bons momentos de confraternização. Na sexta-feira, 7 de junho, o certame poderá
ser visitado das 09h00 às 22h00, e, no sábado, dia 8, entre as 10h00 e as
23h00, sendo a entrada livre.

Programa:

Sexta-Feira, dia 7 de junho

9h30 – 10h30: Inauguração com o espetáculo “Floresta
Viva – Educação Florestal pela Arte” (Centro Escolar de Arcos)

9h30 – 16h30: Visita Eco-Escolas

17h30: Palestra “Património histórico e natural do
concelho”, por Nuno Rosmaninho e José Pais (tenda Anadia + Verde)

20h00: Animação musical

Sábado, 8 de junho

10h00: Passeio interpretativo ao Monte Crasto e
Montouro (encontro no recinto da feira)

11h00: Hora do Livro – BMA (tenda Anadia + Verde)

15h00: Passeio de veículos elétricos – UVE (início no
recinto da feira)

16h30: Workshop “Sobreiro e o ciclo da cortiça”, pela
APCOR e Quercus (tenda Anadia + Verde)

17h30: Mesa-redonda “Ambiente, Agricultura e
Sustentabilidade” com os convidados: Patrícia Cardoso (Ervas do Casal),
Valdemiro Pereira (Aidos da Vila), José Vieira (AFBV), Joaquim Lima (APCOR),
Pedro Sousa (Quercus) e Albertino Oliveira (Sedacor)

19h00: Animação musical

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Cultura de canábis é tema de debate no IX Encontro Ibérico de Regadio e Sustentabilidade
Próximo Candidaturas às ajudas da Política Agrícola Comum ascendem a quase 184 mil este ano

Artigos relacionados

Últimas

AICEP lança pacote de serviços dedicado ao E-Commerce

A AICEP, Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, está a lançar várias iniciativas de apoio às empresas, no contexto da pandemia […]

Dossiers

Itália: mercado dos tratores agrícolas recupera no final de 2020

O mercado italiano de maquinaria agrícola recuperou no final de 2020. De acordo com os dados da FederUnacoma, federação italiana de fabricantes de máquinas agrícolas, esta subida não foi suficiente para alterar o balanço negativo […]

Últimas

Estratégia Nacional para os Efluentes Agropecuários e Agroindustriais 2030 em consulta pública até 22 de janeiro

Estratégia Nacional para os Efluentes Agropecuários e Agroindustriais 2030 (ENEAPAI) já foi submetida a consulta pública (em curso até ao dia 22 de janeiro de 2021). […]