Cultura de canábis é tema de debate no IX Encontro Ibérico de Regadio e Sustentabilidade

Cultura de canábis é tema de debate no IX Encontro Ibérico de Regadio e Sustentabilidade

Realiza-se, no dia 7 de junho, pelas 9h30, o IX Encontro Ibérico de Regadio e Sustentabilidade, nas Oficinas de Formação e Animação Cultural. À semelhança dos anos anteriores, este encontro, integrado no programa da Feira do Campo Alentejano, irá abordar assuntos ligados ao sector agrícola, mais propriamente ao regadio e sustentabilidade.

A edição deste ano será subordinada ao tema “Canábis: uma nova cultura a germinar no Alentejo”.

Como tem vindo a ser noticiado ultimamente, a empresa RPK Biopharma prevê plantar 72 hectares de canábis em Aljustrel para fins medicinais. Um investimento pioneiro neste concelho, na ordem dos 40 milhões de euros, que pode vir a criar 150 postos de trabalho, e que surge em continuidade com a estratégia de diversificação da base económica, e mais especificamente agrícola, seguida pela autarquia nestes últimos anos. Os impactos desta nova cultura serão tema de debate nos painéis: “O uso clínico dos derivados da cannabis – da controvérsia à aceitação”; “Uma nova cultura – características e cultivo” e “RPK Biopharma – o investimento no concelho de Aljustrel”.

Depois da sessão de abertura efetuada pelos presidentes da Câmara Municipal de Aljustrel e da Associação de Beneficiários do Roxo, serão iniciados os painéis, moderados por jornalistas da área, que contarão com a participação de representantes de diversas áreas ligadas ao setor, nomeadamente da saúde e da agricultura.

Programa

Sexta-feira, dia 7 de Junho 2019

09h30 – Receção aos participantes

10h00 – Sessão de Abertura

10h30 – Canábis, uma nova cultura a germinar no Alentejo

– O uso clínico dos derivados da cannabis – da controvérsia à aceitação

– Uma nova cultura – características e cultivo

– RPK Biopharma – o investimento no concelho de Aljustrel

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Apresentação da marca Cereais do Alentejo
Próximo Feira do Ambiente “Anadia + Verde” sensibiliza para a necessidade de alterar comportamentos

Artigos relacionados

Nacional

Vinho da Casa do Douro rendeu 1,5 milhões de euros para pagar a trabalhadores

A venda de vinhos da Casa do Douro (CD) rendeu cerca de 1,5 milhões de euros que vão ser canalizados para o pagamento de salários e indemnizações aos trabalhadores, […]

Últimas

Sabe o que são biopesticidas?

É uma das grandes tendências na área da proteção de plantas. Saiba o que são biopesticidas, numa entrevista a Alejandro de Las Casas, […]

Últimas

ADIADA – 13ª edição do Congresso Internacional da Pera – 23 a 25 de junho – Roterdão

O Congresso Internacional da Pera terá lugar de 23 a 25 de junho de 2020 em Roterdão (Holanda) e será coorganizada pela AREFLH e pela DPA – Associação Holandesa de Produtos. […]