Federação Agrícola dos Açores afirma que a atitude do reitor da Universidade de Coimbra de retirar o consumo de carne de vaca dalgumas cantinas universitárias é contra a produção nacional e limita a liberdade dos cidadãos

Federação Agrícola dos Açores afirma que a atitude do reitor da Universidade de Coimbra de retirar o consumo de carne de vaca dalgumas cantinas universitárias é contra a produção nacional e limita a liberdade dos cidadãos

A Federação Agrícola dos Açores tomou conhecimento da recente intenção do Reitor da Universidade de Coimbra de retirar da ementa das cantinas universitárias, a carne de vaca, numa atitude que entende ser discriminatória, radical e contra a produção agrícola nacional, uma vez que se insere numa tendência intelectual existente populista, onde se promove a difusão de correntes de opinião que tendem a desvirtuar a realidade dos factos.

Este tipo de ações, contribui para a desinformação da sociedade, sendo uma atitude precipitada e fora do contexto, não contribuindo em nada, para a neutralidade carbónica que a União Europeia pretende atingir em 2050, no âmbito do plano que visa contrariar as alterações climáticas.

Sabendo que a Universidade de Coimbra é a mais antiga do país, não é compreensível nem aceitável, pretender-se tomar uma medida com estas características, que vai contra as politicas que têm sido seguidas pela União Europeia, onde têm sido adotadas ações protetoras do ambiente, que os agricultores têm vindo a cumprir integralmente, revendo desta forma, um desconhecimento injustificável da realidade da Agricultura Portuguesa e em particular, da Agropecuária.

A Federação Agrícola dos Açores não pode deixar de reagir a uma medida como esta, já que a agropecuária é a principal atividade da economia, e por isso, a produção de bovinos tem uma importância decisiva em todas as ilhas, contribuindo para a coesão económico social de toda uma região.

Comente este artigo
Anterior Federação Agrícola dos Açores: Reitor da Universidade de Coimbra é “contra a produção nacional”
Próximo Precios similares a los del año pasado para el girasol en León

Artigos relacionados

Nacional

País está mais urbano, mais florestal e menos agrícola

[Fonte: Público]
Estudo da Direcção-Geral do Território foi à procura das “dinâmicas territoriais” entre 1995 e 2010. Mais de um milhão de hectares do território nacional mudou de ocupação. […]

Comunicados

Produtores de batata promovem encontro na Anadia

Na terça-feira dia 25 de Julho pelas 10.00h, produtores de batata promovem encontro com a comunicação social na freguesia de Vilarinho do Bairro – […]

Nacional

CAP leva conferência internacional à FNA 2019 sobre desafios para a agricultura

A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal organiza, no dia 14 de Junho, na Feira Nacional de Agricultura (FNA 2019), […]