Évora. CONFAGRI esclarece agricultores no âmbito dos Regimes de Apoio aos Pagamentos Diretos

Évora. CONFAGRI esclarece agricultores no âmbito dos Regimes de Apoio aos Pagamentos Diretos

É já amanhã (19 de março, pelas 14h30) que a CONFAGRI vai realizar um colóquio no Auditório do NERE, com o objetivo de apresentar as principais alterações nas diferentes matérias de atualidade para o setor, com incidência nas regras de acesso aos Apoios aos Agricultores.

Esta iniciativa, organizada em colaboração com a ANPEMA (Associação Nacional de Pequenos e Médios Agricultores), com a CCAM do Alentejo Central e com a Rurambiente, é aberta a todos os agricultores da região revestindo-se da máxima importância para os profissionais do setor, tendo como objetivo a promoção do desenvolvimento sustentável das zonas rurais.

Recorde-se que estes apoios constituem o principal suporte da estabilização dos rendimentos agrícolas enquanto remuneração pelo fornecimento de bens públicos e compensação pelas normas de produção mais rigorosas aplicadas na U.E. Estes apoios fomentam, igualmente, sistemas de produção mais respeitadores do ambiente e dos recursos naturais, a introdução de práticas agrícolas alternativas, o emprego e o ordenamento sustentável do território.

O secretário-geral da Confagri, Francisco Silva, apela à presença e participação dos associados e da comunidade agrícola de Évora para que não haja falta de informação. “Para se puder usufruir de todos os direitos na sua plenitude temos de estar esclarecidos, por isso é da máxima importância ouvir aquilo que os nossos técnicos e as nossas Organizações locais têm para dizer sobre estas matérias que comprometem o futuro do setor e o futuro de cada um destes empresários”.

Temas Abordados

A sessão terá início com a intervenção de Albino Alves- Coordenador Financeiro da CONFAGRI, que abordará o Novo regime Contributivo dos Trabalhadores Independentes, que sofreu alterações substanciais no último Decreto-Lei 2/2018.

De seguida, e para esclarecer sobre os Pagamentos Diretos e o Desenvolvimento Rural no âmbito dos Apoios ao Rendimento, contaremos com a colaboração do Técnico da CONFAGRI para a Região, António Baião e, por último, para fazer o ponto de situação das negociações da PAC pós 2020, intervirá Isabel Basto, Representante da CONFAGRI em Bruxelas.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Origem dos alimentos: proteção dos consumidores ou protecionismo? - Francesco Montanari
Próximo XXXVI Assembleia da Rede da Linde Material Handling Ibérica em Granada

Artigos relacionados

Dossiers

5º relatório provisório de incêndios rurais: 1 de janeiro a 31 de agosto

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 31 de agosto de 2020, um total de 7207 incêndios rurais que resultaram em 38650 hectares de área […]

Notícias mercados

Macron rejeita acordo UE-Mercosul em nome da luta contra as alterações climáticas

As dúvidas do Presidente francês sobre o histórico tratado de livre comércio entre a União Europeia e os quatro países do Mercosul, fechado em 2019 depois de duas décadas de negociações, não são […]

Nacional

Associações do Baixo Alentejo acusam Governo de ameaçar agricultura intensiva

A Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) acusou hoje o Governo de ameaçar a agricultura intensiva, após a divulgação[…]