Estrutura que gere fogos rurais está mais “complexa”

Estrutura que gere fogos rurais está mais “complexa”

Relatório entregue à Assembleia da República critica “pulverização de competências” e “falta de coerência”.

O sistema que gere os fogos florestais está mais complexo do que há três anos, conclui o relatório de “Análise crítica do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais (SGIFR) e do seu Programa Nacional de Ação”, elaborado pelo Observatório Técnico Independente (OTI) e entregue esta semana ao presidente da Assembleia da República. É precisa coerência e mais formação.

No documento, a que o JN teve acesso, o OTI refere que a estrutura organizativa subjacente ao SGIFR “é demasiado complexa, com demasiadas entidades envolvidas em vários projetos e com responsabilidades excessivas atribuídas à AGIF”. Esta Agência para a Gestão Integrada de Fogos Florestais, recomenda o observatório, deve funcionar numa “lógica de interagência, de forma a que as peças do puzzle se encaixem de forma coerente”. […]

Continue a ler este artigo no Jornal de Notícias.

Comente este artigo
Anterior Fundo Ambiental financia sistema para transporte de efluentes pecuários
Próximo Madeira: PS quer criar mercado local para agricultores

Artigos relacionados

Últimas

Laboratório colaborativo pretende impulsionar a modernização da agricultura

Unidades de Investigação do Politécnico de Leiria associaram-se à criação do Smart Farm CoLAB – Laboratório Colaborativo para a Inovação Digital na Agricultura, […]

Dossiers

Herdade das Romeiras aposta em Conservação do Solo e usa adubos líquidos Tecniferti

Na Herdade das Romeiras, localizada no concelho de Estremoz, a Agricultura de Conservação é prática corrente em culturas arvenses (cereais) e permanentes (vinha e olival), há mais de 20 anos. À mobilização de conservação do solo e ao […]

Eventos

3º Webinar SPREGA “Poderão os produtos qualificados (DOP e IGP) contribuir para a valorização das raças autóctones?” – 27 de julho

Portugal detém um elevado número de raças autóctones, valioso património genético. Estas raças são explorados em sistemas de produção […]