Estenfiliose da pêra rocha: conídios por pomar diminuem em todos os pomares monitorizados pelo INIAV

O INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, como coordenador do Grupo de Trabalho da Estenfiliose, informa que na semana 44 (28 de Outubro a 4 de Novembro), o número médio de conídios/semana/cm2 pomar diminuiu em todos os pomares monitorizados.

Considerando a necessidade de controlar a estenfiliose, uma doença que está a afectar a produção e a qualidade da pêra rocha e para a qual não existem ainda produtos fitofármacos que consigam neutralizar esta praga de uma forma eficaz, foi constituído um grupo de trabalho que tem como missão elaborar um plano de acção para controlo desta doença e do qual fazem parte o INIAV, a DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária, a Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo (DRAPLVT), a ANP — Associação Nacional de Produtores de Pêra Rocha e o COTHN — Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional.

Como coordenador do GTestenfiliose, o INIAV presta informações regulares sobre a evolução do número de esporos nos pomares do Oeste.

Pomar da Maiorga com mais conídios 

O pomar da Maiorga foi o que apresentou o maior número médio de conídios (4,6), seguido pelos pomares da Sobrena (4,4), Picanceira (3,1) e Alcobaça (2,3).

Esta semana, o número médio de ascósporos/semana/cm2/pomar manteve-se no pomar da Maiorga e diminuiu nos restantes pomares monitorizados. O número médio de ascósporos/cm2 foi igual em todos os pomares (0,1).

O número médio de esporos (conídios+ascósporos)/semana/cm2/pomar diminuiu em todos os pomares monitorizados.

O pomar da Maiorga foi o que apresentou o maior número de esporos/cm2 (4,7), seguiram-se os pomares da Sobrena (4,6), Picanceira (3,2) e Alcobaça (2,4).

Pode ler o 37.º SMS/Informação do GTestenfiliose completo aqui.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Apresentação da CULTIVAR “Digitalização” – IX Congresso da APDEA
Próximo Director Regional da Agricultura dos Açores reitera importância da certificação dos vinhos

Artigos relacionados

Nacional

Alqueva garante o reforço de água a todos os perímetros de rega confinantes,mas há regras a cumprir

A Reserva de água que hoje existe em Alqueva é suficiente para mais dois anos sem afluências significativas e capaz de responder às necessidades agrícolas e de abastecimento público na sua área de influência. […]

Notícias fitofarmacêuticos

Agricultores podem ficar com “corda na garganta” devido à falta de chuva

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) mostrou-se hoje “apreensiva” devido à falta de chuva, defendendo a criação, por parte do Governo, […]

Nacional

SITEVI reúne fileiras do vinho, fruta, legumes e azeite em Montpellier

O SITEVI, salão internacional para as fileiras da vinha e do vinho, frutos e legumes e oleicultura, realiza-se de 26 a 28 de Novembro, […]