Espanhóis plantam Lavandim no olival para evitar erosão

Espanhóis plantam Lavandim no olival para evitar erosão

[Fonte: Vida Rural]

A Universidade de Córdoba, em Espanha, está a introduzir Lavandim nos olivais como cultura complementar para ajudar a combater a erosão, apoiar a biodiversidade e promover o desenvolvimento sustentável. De acordo com o Olive Oil Times, a experiência piloto faz parte do projeto europeu Diverfarming e decorre há cerca de dois anos.

O projeto pretende, assim, promover a diversificação de culturas e a utilização de práticas agrícolas que permitam melhorar a fertilidade do solo, prevenir a erosão, aumentar a biodiversidade e, ao mesmo tempo, promover a permanência de jovens em áreas rurais.

De acordo com os responsáveis pela iniciativa, a erosão, causada ​​pelo escoamento da água sobre as terras agrícolas sujeitas ao cultivo tradicional, é um problema nos olivais. Contudo, a plantação de arbustos aromáticos como o Lavandim pode ajudar a atrair espécies animais para o olival, contribuindo para a sua biodiversidade e fertilidade, e ao mesmo permite gerar rendimentos complementares nos anos em que a colheita for mais fraca.

Comente este artigo

O artigo Espanhóis plantam Lavandim no olival para evitar erosão foi publicado originalmente em Vida Rural

Anterior BPI e John Deere reforçam parceria
Próximo Consulai e Trevo entregam prémios na Ovibeja

Artigos relacionados

Últimas

Fim do glifosato discutido esta semana. Anipla fala de “alarmismo”

[Fonte: Vida Rural]
Depois de uma petição pública que recolheu 15 mil assinaturas válidas, a proibição da utilização do glifosato vai ser discutida numa audiência marcada para esta quinta-feira (7 de março) na Comissão Parlamentar do Mar e da Agricultura. […]

Dossiers

Principais vantagens e desafios do Grupo Nacional Certificação de Matas

A equipe 2BForest apresentou no 8 Congresso Florestal Nacional as principais vantagens e desafios do Grupo Nacional de Certificação de Matas!

Nacional

Citrinos do Algarve ganham mais organização

[Fonte: Voz do Campo]
A campanha dos citrinos no Algarve não arrancou da melhor maneira, depositando-se agora expectativa na fruta de primavera, normalmente de calibres superiores. Mas, paralelamente à produção há um vasto trabalho de promoção e valorização que tem de ser feito constantemente e que historicamente tem acontecido de forma muito individualizada. […]