Espanhóis plantam Lavandim no olival para evitar erosão

Espanhóis plantam Lavandim no olival para evitar erosão

A Universidade de Córdoba, em Espanha, está a introduzir Lavandim nos olivais como cultura complementar para ajudar a combater a erosão, apoiar a biodiversidade e promover o desenvolvimento sustentável. De acordo com o Olive Oil Times, a experiência piloto faz parte do projeto europeu Diverfarming e decorre há cerca de dois anos.

O projeto pretende, assim, promover a diversificação de culturas e a utilização de práticas agrícolas que permitam melhorar a fertilidade do solo, prevenir a erosão, aumentar a biodiversidade e, ao mesmo tempo, promover a permanência de jovens em áreas rurais.

De acordo com os responsáveis pela iniciativa, a erosão, causada ​​pelo escoamento da água sobre as terras agrícolas sujeitas ao cultivo tradicional, é um problema nos olivais. Contudo, a plantação de arbustos aromáticos como o Lavandim pode ajudar a atrair espécies animais para o olival, contribuindo para a sua biodiversidade e fertilidade, e ao mesmo permite gerar rendimentos complementares nos anos em que a colheita for mais fraca.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior BPI e John Deere reforçam parceria
Próximo Consulai e Trevo entregam prémios na Ovibeja

Artigos relacionados

Nacional

Delta lança cápsulas de café 100% orgânicas e biodegradáveis

A Delta vai lançar cápsulas de café totalmente orgânicas e biodegradáveis este ano. Este lançamento insere-se na nova estratégia de sustentabilidade da empresa produtora de café. […]

Internacional

Financiación autonómica, agua y PAC, las ofertas de pacto de Castilla-La Mancha a los grupos políticos

La consejera de Igualdad y portavoz de Castilla-La Mancha, Blanca Fernández. (Fuente: Gobierno regional).
La Junta de Castilla-La Mancha ha ofrecido a los grupos políticos tres pactos sobre financiación autonómica, […]

Nacional

Já está! Assinada a salvação do rei dos cogumelos com perdão de 54 milhões

Dois anos e meio depois de andar no corredor da morte, e após quatro adiamentos da data para a realização da escritura de transação, […]