Espanha vai abater quase 100 mil martas infetadas com coronavírus

Espanha vai abater quase 100 mil martas infetadas com coronavírus

“O único objetivo é evitar riscos à população e à saúde pública”, explicou Joaquín Olona, ministro da Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente.

Espanha vai abater quase 100 mil visons (ou martas), que estão infetados com coronavírus, na fazenda Puebla de Valverde, em Teruel, Aragão.

Segundo avança o El País, o Ministérios da Agricultura, Pecuária e Maio Ambiente avançou que 86% da exploração naquela fazenda está infetada com covid-19. O governo de Aragão vai, por isso, abater um total de 92.700 animais.

“A Direção Geral de Qualidade e Saúde Alimentar já ordenou a imobilização preventiva da fazenda a 22 de maio, quando sete dos trabalhadores testaram positivo ao covid”, explicou Joaquín Olona, ministro da Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente em entrevista.

Desde esse momento, as martas foram monitorizadas, sendo proíbida a entrada e/ou saída de animais da fazenda. “O único objetivo [do abate de martas] é evitar riscos à população e à saúde pública”, explicou.


Continue a ler este artigo no Sábado.

Comente este artigo
Anterior Incêndios: Governo declara situação de alerta em Portugal Continental
Próximo PCP quer visão estratégica que valorize a produção nacional

Artigos relacionados

Cotações ES

La tendencia alcista se instala en las canales de vacuno

Nueva semana con subidas en las canales de vacuno, tanto en machos como en hembras. Hay demanda, […]

Últimas

Associações criticam abate de árvores em Aveiro

A Associação para o Estudo e Defesa do Património Natural e Cultural da Região de Aveiro (ADERAV) e a Associação BioLiving mostram-se preocupadas com o que consideram ser uma “constante delapidação do património arbóreo da cidade” […]

Nacional

Quais os insetos que podem transmitir Xylella fastidiosa às plantas?

Quais são os insetos que podem transmitir Xylella fastidiosa às plantas, como atuam e como podemos agir? Em Portugal, existem muitos insetos potencialmente vetores de Xylella fastidiosa dada a abundância de plantas hospedeiras da bactéria e dos vetores. […]