Espanha: Cerca de oito mil pessoas retiradas devido a incêndio na Grande Canária

Espanha: Cerca de oito mil pessoas retiradas devido a incêndio na Grande Canária

[Fonte: SAPO 24]

De acordo com a agência de notícias espanhola EFE, no combate às chamas estão 700 operacionais, com o apoio de 16 aeronaves.

Durante a noite, o avanço do fogo obrigou as autoridades a tirarem as populações do perímetro urbano do município de Valleseco (que tem 3.784 habitantes), como o bairro de El Carrizal de Tejeda e El Valle e El Risco, em Agaete, no noroeste da ilha.

O incêndio já causou enormes danos ambientais, com várias áreas naturais afetadas, incluindo uma das grandes joias verdes da ilha, o Parque Natural de Tamadaba, mas não há danos pessoais a registar.

O Ministro da Agricultura, Luis Planas, desloca-se hoje à Grande Canária para se reunir com as autoridades e acompanhar a evolução do incêndio no Centro de Coordenação de Emergência e Segurança de Las Palmas.

No domingo, o presidente do Governo das Ilhas Canárias, Ángel Víctor Torres, disse, numa conferência de imprensa, que o fogo não está dominado e que a situação se manterá pelo menos até quarta-feira, não obstante a ilha dispor do maior dispositivo de combate às chamas que alguma vez teve.

O centro da localidade de Valleseco, onde vivem cerca de quatro mil pessoas, foi evacuado esta noite.

De acordo com o Centro Coordenador de Segurança e Emergências, a população será transferida para a localidade de Teror.

Ao todo, já foram evacuados 40 núcleos populacionais devido ao incêndio.

O fogo chegou ao Parque Natural de Tamadaba, onde, segundo os técnicos, o único acesso está rodeado pelas chamas, impedindo a entrada em segurança de viaturas dos bombeiros.

Além da falta de acessos, as temperaturas elevadas e os ventos fortes têm dificultado o combate do incêndio, que mobilizou no domingo mais de 600 bombeiros e 14 aeronaves e levou ao encerramento de 20 estradas.

Comente este artigo

O artigo Espanha: Cerca de oito mil pessoas retiradas devido a incêndio na Grande Canária foi publicado originalmente em SAPO 24.

Anterior Motoristas põem fim à greve
Próximo Cultivares de oliveira: Cornicabra

Artigos relacionados

Últimas

PDR 2020 prorroga até 15 de Maio o prazo para candidaturas ao investimento – Cereais e Vinha

[Fonte: CAP] Foi alargado de 7 para 15 de Maio, até às 17 horas, o prazo limite para realizar a submissão de candidaturas ao investimento em Viticultura (Ação 3.2.1) e Cerealicultura e Arroz (Ação 3.2.1).

Conforme notícia anterior, ambas as Ações estão enquadradas na Operação 3.2.1 – Investimento na Exploração Agrícola, […]

Últimas

Alimentos geneticamente modificados – seguros ou não?

[Fonte: Vida Rural]
Embora o uso de OGM seja muito antigo, este é do desconhecimento da comunidade geral. Por exemplo, nós próprios podemos ser considerados OGM pois temos genes com origem em elementos virais.
Sabe-se atualmente que, durante a evolução, muitas espécies incorporaram no seu DNA genes originários em elementos virais ou em bactérias. […]

Últimas

Ministro da Agricultura atribui, a título póstumo, Medalha de Honra a Maria Antónia Figueiredo

A CONFAGRI realiza amanhã, 30 de janeiro, o “Encontro Nacional de Técnicos”, um evento anual que reúne toda a sua estrutura associada – cerca de 400 representantes de diferentes regiões do país – com o objetivo de discutir as principais alterações para a Campanha de Ajudas e Parcelário para 2018, […]