Espaço Visual lança cursos sobre a cultura do Pistácio

Espaço Visual lança cursos sobre a cultura do Pistácio

A consultora agrícola Espaço Visual vai lançar cursos avançados na cultura do Pistácio entre os dias 8 de junho e 30 de novembro. Estas ações, cujas inscrições poderão ser feitas no site da Espaço Visual, visam dotar os interessados de conhecimentos e competências sobre uma cultura emergente.

“Só uma gestão baseada na formação adquirida pode ser mais eficaz e alcançar melhores resultados”, diz José Martino, CEO da Espaço Visual. Para este especialista, ” a cultura do pistácio tem vindo a ter forte expansão em Portugal porque tem grande rentabilidade económica e, pode, ser dentro de poucos anos, a cultura mais rentável na fileira dos frutos secos”.

O curso avançado em pistácio destina-se a jovens empreendedores, empresários e técnicos agrícola, além de outros interessados em especializarem-se nesta cultura. O objetivo é dar conhecimentos e competências sobre a operações tendentes à implantação, manutenção, condução e colheita do pistácio.

Os cursos estão focados na instalação de pomares de pistácio, rega, fertilização, manutenção de pomares, proteção fitossanitária e agronegócio.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Oferta de emprego - CoLAB Vinha e Vinho
Próximo Festival do Arroz Carolino está de volta

Artigos relacionados

Blogs

Gestão ativa favorece floresta mais segura

Independentemente da espécie, é a forma como os espaços florestais são geridos que faz a diferença nas florestas que ardem menos. […]

Nacional

Câmara de Castelo de Paiva cria plataforma para manter activa a Feira Agrícola

Com a situação vivida actualmente, por causa da pandemia do Covid 19, em que as pessoas têm que se manter nas suas casas, existe o condicionamento […]

Últimas

Live: Desafios das fileiras emergentes dos recursos silvestres

O projeto [email protected] FILEIRAS vai promover amanhã, 18 de dezembro, pelas 14h30, um webinar sobre “Desafios das fileiras emergentes dos recursos silvestres – Impacto do projeto [email protected] fileiras”. […]