Escola de Queijeiros na Agrária de Coimbra

Escola de Queijeiros na Agrária de Coimbra

Encontram-se abertas, até ao próximo dia 12 de setembro, as candidaturas para a Escola de Queijeiros na Escola Superior Agrária do Politécnico de Coimbra (ESAC – IPC), com foco na Região com Denominação de Origem Protegida (DOP) Rabaçal.

À semelhança da Escola de Pastores, a Escola de Queijeiros trata-se de uma ação formativa integrada no “Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro” e embora vá já para a 2.ª edição, será a primeira vez que será ministrada na ESAC. O seu objetivo é capacitar empreendedores para o conhecimento das principais técnicas de produção de queijo com DOP na Região do Rabaçal.

A formação tem uma carga horária total de 80 horas, distribuídas por 40 horas de componente teórica (Introdução à produção de queijos; Boas práticas de fabrico na produção de queijo; Segurança alimentar) e igual número de horas de componente prática (Queijaria com fabrico de queijo com DOP), prevendo-se o seu início a 27 de setembro de 2021 e o término em outubro de 2021.

Podem candidatar-se ao ingresso na Escola de Queijeiros todos os detentores da escolaridade mínima obrigatória. São ainda condições preferenciais: ter entre 18 e 40 anos de idade e ter habitação primária na área geográfica da Região DOP do Queijo Rabaçal: parte dos concelhos de Condeixa-a-Nova (Freguesias de Condeixa-a-Velha, Ega, Furadouro, Vila Seca e Zambujal), Penela (Freguesias de Cumieira, Espinhal, Santa Eufémia e S. Miguel de Penela, Podentes e Rabaçal), Ansião (Alvorge, Ansião, Avelar, Chão de Couce, Lagarteira, Pousaflores, Santiago da Guarda e Torre de Vale Todos), Pombal (Abiul, Pelariga, Pombal, Redinha e Vila Chã), Soure (Freguesias de Degracias, Pombalinho e Tapeus) e Alvaiázere [Freguesias de Almoster, Alvaiázere, Maçãs de Caminho, Maçãs de Dona Maria, Pelmá, Pussos (lugar de Loureira), Rego da Murta (lugar de Relvas e Ramalhal)]. Para além disso, serão valorizados o facto de ser empreendedor com projeto de instalação ou de ampliação do seu projeto em exploração na Região Centro; de ser empreendedor instalado na Fileira do Queijo na Região Centro; ou de ter frequentado com sucesso a Escola Pastores.

O número limite de vagas na Agrária de Coimbra é de 10, aplicando-se também às formações que decorrerão simultaneamente nas Escolas Superiores Agrárias de Castelo Branco e de Viseu. Para mais informações, os interessados poderão consultar o site da ESAC, ou contactar para o número 239 820 940.

As inscrições deverão ser formalizadas através do formulário disponível, presencialmente ou junto do INOVCLUSTER, para o e-mail [email protected] ou para o número de telefone 272 349 100.

→ Regulamento ←

Comunicado enviado pela Escola Superior Agrária de Coimbra.

Comente este artigo
Anterior Tejo com pouca água vai dar problemas para a ecologia e agricultura
Próximo Census alertam para perda de pessoas no mundo rural

Artigos relacionados

Comunicados

5.º Relatório Provisório de Incêndios Rurais: 1 de janeiro a 31 de agosto

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 31 de agosto de 2019, um total de 8082 incêndios rurais que resultaram em 28552 hectares de área ardida, entre povoamentos (14553 ha), matos (10249 ha) e agricultura (3750 ha). […]

Nacional

Reflorestação é a melhor solução para combater alteraçoes climáticas

A reflorestação do planeta é a solução mais eficaz para combater as alterações climáticas, tendo o potencial de capturar dois terços das emissões de dióxido de carbono produzidas pela humanidade, […]

Nacional

UAlg traz a Algoz especialista internacional em doenças de citrinos

Imprimir
Por • 24 de Maio de 2017 – 15:35

Greening numa laranja

O agrónomo Thomas Stopyra vai estar esta quinta-feira, […]