Escola de Pastores com nova edição em 2021

Escola de Pastores com nova edição em 2021

A formação é uma das fortes apostas do Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro. Com o objetivo de captar o interesse de novos empreendedores a implementarem-se nas atividades ligadas à Fileira do Queijo, a parceria deste projeto acredita que a difusão de conhecimento é uma das melhores formas de contribuir para alavancar, preservar e dignificar o setor.

O sucesso da primeira edição da “Escola de Pastores”, decorrida em 2019, veio alicerçar esta aposta. Traduziu-se numa experiência enriquecedora para os formandos, permitindo-lhes, pela amplitude de conhecimentos técnicos transmitidos, adquirir uma visão mais modernizada e sustentável do setor agro-pastoril.

Assim, e numa perspetiva de continuidade, o Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro arrancará com uma segunda edição da “Escola de Pastores” já a partir de dia 14 de junho de 2021.

2ª Edição da Escola de Pastores com candidaturas abertas

Até ao próximo dia 24 de Maio de 2021, encontram-se abertas as candidaturas à 2ª edição da “Escola de Pastores”.

O objetivo é capacitar os formandos para a produção de leite destinado ao fabrico de Queijos Serra da Estrela DOP, Beira Baixa DOP e Rabaçal DOP, de forma mais otimizada, segundo critérios de bem-estar animal, prevenção de riscos ocupacionais, proteção ambiental e segurança alimentar.

Destinada a abranger as três regiões DOP do Centro (Beira Baixa, Serra da Estrela e Rabaçal), a formação decorrerá nas Escolas Superiores Agrárias de Castelo Branco (ESACB), Viseu (ESAV) e Coimbra (ESAC), com um total de 36 vagas disponíveis. A duração da 2ª edição da Escola de Pastores é de 560 horas de formação (150 horas de componente teórica e 410 horas de componente prática).

Os interessados deverão fazer a sua candidatura acedendo ao formulário disponibilizado aqui.

O Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro é cofinanciando pelo CENTRO 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Comente este artigo
Anterior Como se processam ramos de oliveira e amendoeira?
Próximo Abertura de candidaturas no âmbito do Projeto EJP SOIL

Artigos relacionados

Últimas

Vídeo resumo da conferência “o regadio no caminho dos sistemas de energia e água” – Agroglobal 2021

Os regantes portugueses pagam eletricidade mais cara da Europa e pedem apoios ao Governo para produzir energia verde. Veja o vídeo resumo da conferência, organizada pelo […]

Últimas

‘Tinder do gado’ quer ajudar produtores a encontrar o animal ideal

Chama-se Tudder e pretende ajudar os agricultores a encontrar o parceiro ideal para o seu bovino. A aplicação é […]

Nacional

Movimento proTejo diz que Espanha “voltou a não cumprir” caudais acordados para o rio

“Espanha voltou a não cumprir o caudal mínimo nas duas últimas semanas de outubro, início do novo ano hidrológico 2019-2020, que se prolonga até […]