Eleito o “Melhor Jovem Agricultor 2019”

Eleito o “Melhor Jovem Agricultor 2019”

[Fonte: CAP] Gonçalo Dias de Assis Lopes venceu o prémio de Melhor Jovem Agricultor 2019, com a SEABERRY, Sociedade Agrícola Lda, fruto da parceria familiar de Gonçalo Assis Lopes e José Álvaro Assis Lopes, uma produção de morangos em sistema semi-hidropónico.

O anúncio foi feito na Conferência “O Fututo dos Jovens Agricultores”, que se realizou hoje na Feira Nacional de Agricultura, em Santarém. A SEABERRY surge como resultado da vontade de promover um projeto de vida de um jovem agricultor dedicado ao desenvolvimento agrícola, aliado ao emprego das mais recentes tecnologias aplicadas à atividade deste setor.

 Gonçalo Dias de Assis Lopes licenciou-se em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da U.T.L. em 2004. Em 2011 entrou para a empresa de Consultoria de Engenharia Consulgal,S.A. para fiscalizar, enquanto arquiteto residente, a construção de uma cidade de raiz composta por 3300 unidades de habitação e edifícios públicos, em Zentan, na Líbia. Em 2016, através da vontade de consolidar um projeto de vida dedicado ao desenvolvimento agrícola, recorrendo às tecnologias mais recentes, decide iniciar um projeto familiar com José Álvaro de Assis Lopes fundando a SEABERRY, Sociedade Agrícola Lda., na região da Ericeira.

Comente este artigo
Anterior Projeto AgriEmpreende recebeu mais de 80 candidaturas e acelerou 33 ideias de negócio da fileira agroalimentar
Próximo “Discriminatória e infundada”. Associação critica fim de apoios a novos olivais no Alqueva

Artigos relacionados

Últimas

CNA diz que terras sem dono conhecido “são bode expiatório”

A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) emitiu esta segunda-feira (17 de junho) um comunicado em que defende que os “Governos têm participado ativamente na criação do ‘bode expiatório’ […]

Nacional

Carta aberta ao primeiro-ministro de Portugal

[Fonte: Público]
 
Não posso deixar de sentir um peso particular pela tragédia que ocorreu no incêndio de Pedrógão Grande. […]

Nacional

Mação com telecomunicações limitadas devido ao incêndio

São visíveis ao longo do concelho de Mação os postos de telecomunicações queimados no chão. E os efeitos fazem-se sentir ao nível das comunicação, […]