Ébola das Oliveiras –  Rafael Martins Morais

Ébola das Oliveiras – Rafael Martins Morais

“Ébola das Oliveiras” chega a Espanha, e deixa agricultores e as autoridades alarmadas. Esta bactéria propaga-se rapidamente e destrói culturas inteiras. As notícias que nos chegam do país vizinho, estão a deixar os produtores de azeite em “estado de alerta”, pois essa mesma bactéria é de rápida propagação, que dízima as oliveiras e outras árvores de fruto.Essa bactéria xylella fastidiosa, foi detectada em 2013 no sul de Itália em apenas 4 anos dizimou culturas inteiras, essa mesma ganhou a alcunha de “Ébola das oliveiras “ .

Os agricultores italianos dizem não saber o que fazer.

No ano passado, em Outubro chegou a ilha espanhola de Maiorca. Embora as autoridades, espanholas tenham garantido aos agricultores, que estava tudo controlado, e que as árvores infectadas estavam isoladas, foram surgindo novos focos da doença em várias cidades e ilhas espanholas.

Segundo o “ El Confidencial”, a xylella fastidiosa “ataca” com grande propagação nefasta o café e as árvores como a oliveira, a amendoeira, a videira, a ameixoeira, o pessegueiro, a laranjeira e o limoeiro. Quando uma árvore é infectada, a bactéria impede a circulação da seiva :as folhas murcham; os galhos secam e a planta acaba por morrer asfixiada.

Como produtores devemos, estar atentos a estes fenómenos, embora ainda não exista cura para essa doença, devemos prevenir com podas sanitárias, e desinfecção dos galhos intervencionado, o ideal seria fazer uma aplicação de oxicloreto de cobre 3 vezes, já testado em Nogueiras, que apresentaram este sintoma.

 

Rafael Martins Morais

Jovem Agricultor/ Gestor Quinta do Val Mon Paz

 

 

Comente este artigo
Anterior Mais de 128.000 hectares ardidos, maior área da última década em período homólogo
Próximo Marché foncier Tous les prix 2016 des terres agricoles dans les Pays de la Loire

Artigos relacionados

Opinião

Ecossistema Startup – Francisco Manso

Assistimos ao aparecimento de inúmeras “startups” no setor. Elas ocupam grandes eventos, fazem feiras, têm locais de incubação, movimentam somas de dinheiro impressionantes e estão a ocupar-nos as noticias e o nosso espaço televisivo… Mas o que é afinal uma uma startup?
Tal como uma semente de uma grande árvore uma startup é uma semente de uma grande empresa. […]

Opinião

Os pagamentos directos aos produtores na PAC após 2020: um debate difícil mas inevitável – Francisco Avillez

É, hoje em dia, consensual que o principal objectivo estratégico da política agrícola para os próximos anos em Portugal irá ser o de promover o crescimento do valor acrescentado do sector agroalimentar e florestal nacional de forma economicamente competitiva, ambientalmente sustentável e territorialmente equilibrada.
Para que este objectivo possa vir a ser atingido pelas explorações agrícolas portuguesas, […]

Opinião

O Valor económico da Marca – Pedro Pimentel

A volatilidade e a competitividade dos mercados hoje exige, mais do que nunca, um reforço na discussão pública sobre o contributo das Marcas na economia nacional e sobre a forma como estas trazem valor acrescentado às nossas empresas e ao nosso país.
As marcas representam selos de qualidade e reputação e Portugal tem tido exemplos vários de setores cujas marcas ou produtos se traduzem em valor acrescentado para a economia e para a sociedade. […]