“É uma obrigação garantir a subida do preço de leite à produção”

“É uma obrigação garantir a subida do preço de leite à produção”

Esta é a única forma de garantir a sustentabilidade do setor que atravessa uma crise, na sequência da descida do preço do leite pago pelas indústrias.

Jorge Rita, representante dos agricultores na Região, considera ser necessário implementar uma medida regional e nacional para salvaguardar que o leite e derivados “não possam ser vendidos abaixo de determinado preço”, referindo “ser obrigatório garantir a subida do preço do leite pago à produção”.

Ler mais na edição desta sexta-feira, 8 de fevereiro 2019, do jornal Açoriano Oriental

Continue a ler este artigo no Açoriano Oriental.

Comente este artigo
Anterior Pesticidas e Cancro Entre os Agricultores: a Corrida em Direção à Irrefutabilidade
Próximo Vitacress investe 4 M€ no aumento da capacidade de produção

Artigos relacionados

Últimas

Estudo revela que poluição do ozono prejudica culturas de milho híbrido

Um estudo do Carl R. Woese Institute for Genomic Biology, pertencente à Universidade de Illinois em Urbana-Champaign, revelou que o ozono nas camadas mais inferiores […]

Dossiers

Bioeconomia circular para aumentar o valor da floresta

Recursos florestais lenhosos com aproveitamento diferenciado, serviços do ecossistema remunerados e promoção de produtos florestais não lenhosos são três caminhos para aumentar o valor […]

Últimas

Projecto AGRICOOPVALUE – monetização do valor social das cooperativas

O projeto AGRICOOPVALUE, que está a ser implementado por um consórcio de organizações Europeias do qual CONFAGRI faz parte, pretende monetizar o valor social das […]