É na agricultura que mais nascem novas empresas

É na agricultura que mais nascem novas empresas

[Fonte: Vida Rural]

O setor da Agricultura e Pescas é aquele que tem registado o maior crescimento no número de empresas no país. De acordo com um estudo recentemente divulgado pelo Banco de Portugal, entre 2013 e 2017, o número de empresas no setor registou um crescimento de 31%, de cerca de 4200 para 17 613.

O estudo revela ainda que o ritmo de criação de novas empresas na Agricultura e Pescas é mais de quatro vezes superior ao de todas as atividades económicas. Entre 2013 e 2017, o número de Sociedades Não Financeiras em Portugal subiu 7%, totalizando mais de 400 mil empresas. Para além do setor da Agricultura e Pescas, o setor que registou mais nascimentos de empresas entre os anos de 2013 e 2017 foi o setor de Outros Serviços.

O Banco de Portugal revela ainda que o setor da Agricultura e Pescas é também aquele onde as empresas mais sobrevivem. “Das empresas criadas em 2013 nestes setores, 97% sobreviveram ao primeiro ano de vida e 82% continuavam em atividade ao fim de quatro anos”, diz o estudo. Em todas as áreas de atividade, 95% das empresas aguentaram o primeiro ano, mas apenas 74% sobreviviam no quarto ano de atividade.

Comente este artigo

O artigo É na agricultura que mais nascem novas empresas foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior Projecto Germinar leva jovens com deficiência a trabalhar nas vinhas
Próximo FMC Agricultural Solutions reforça presença em Portugal

Artigos relacionados

Últimas

Vinha e o Vinho, o tema da 56.ª Feira Nacional de Agricultura/66.ª Feira do Ribatejo

[Fonte: Agricultura e Mar]
A “Vinha e o Vinho” são os temas da 56.ª Feira Nacional de Agricultura/66.ª Feira do Ribatejo (FNA19), certame que se realiza de 8 a 16 de Junho de 2019 no CNEMA — Centro Nacional de Exposições, […]

Nacional

IFD e Banco do Conselho da Europa assinam contrato de empréstimo de 100 milhões de euros

[Fonte: ECO]

A Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD) assinou esta segunda-feira em Lisboa um contrato de 100 milhões de euros com o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (CEB), destinados a empresas portuguesas.
O contrato dá “preferência por financiamento de empresas até […]

Últimas

Cáritas da Ilha Terceira incentiva ao consumo e ao cultivo de hortofrutícolas

[Fonte: Açoriano Oriental]

A Cáritas da Ilha Terceira, nos Açores, está a incentivar crianças e famílias a comer e a cultivar produtos hortofrutícolas, com várias atividades, sob o lema de que não há um planeta B.

“O projeto tem um foco muito grande que é […]