Dias de campo sobre agricultura de precisão no Ribatejo e Alentejo

Dias de campo sobre agricultura de precisão no Ribatejo e Alentejo

Está de volta o evento PRECISAMENTE. Nos dias 12 de Setembro, no Porto Alto, e 19 de Setembro, em Beja, a TERRAPRO vai demonstrar que a Agricultura de Precisão é acessível e fácil de aplicar em qualquer exploração agrícola e permite ser mais eficiente com menos recursos.

A TERRAPRO vai demonstrar os benefícios da Agricultura de Precisão em duas explorações agrícolas – Monte de Santo Isidro e Herdade da Mingorra.

Esta agricultura de precisão é fruto essencialmente de decisões de gestão com base na recolha e análise de dados integrados de diferentes tecnologias utilizadas, desde utilização de sondas de humidade do solo e estações meteorológicas, imagens aéreas NDVI, mapas de produção e mapas de condutividade elétrica do solo.

«Serão apresentados casos práticos concretos, em culturas anuais (milho, arroz e tomate) e permanentes (amendoal, vinha, olival), fruto de trabalho directo em conjunto com os produtores, com descrição dos dados recolhidos, conclusões tiradas e acções concretas tomadas, assim como, sempre que aplicável, dos resultados alcançados», explica João Noéme, fundador da TERRAPRO.

Para inscrições e consulta do programa clique aqui.

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Ministro da Agricultura não demite a diretora da Tapada de Mafra porque esta não foi condenada
Próximo IX Congresso da APDEA e III Encontro Lusófono em Economia, Sociologia, Ambiente e Desenvolvimento Rural (ESADR 2019)

Artigos relacionados

Nacional

“Emergência” no caudal do Tejo “está ultrapassada”, diz ministro do Ambiente

Em declarações à rádio TSF, João Pedro Matos Fernandes adiantou que existiu uma reunião entre Portugal e Espanha sobre o assunto. […]

Nacional

“Existem variedades novas de mirtilo que vão ser lançadas em Portugal ainda este ano”

Sílvia Lemos, técnica da AGIM, uma palestra dedicada à cultura do Mirtilo, organizada pela Revista Voz do Campo.
Falta algum planeamento para que se consigam valores intermédios entre aqueles hectares que produzem muito bem e os que têm produtividades muito baixas. […]

Últimas

The Navigator Company rejeita existência de dívidas da Portucel Moçambique

A Navigator negou hoje que a Portucel tenha dívidas para com empresas de capitais sul-africanos zimbabueanos, ou outras, após as acusações de um consórcio que se diz credor, […]