Dia da Produção Nacional: Produtores portugueses escoam produtos no valor de 3 mil e 300 milhões de euros

Dia da Produção Nacional: Produtores portugueses escoam produtos no valor de 3 mil e 300 milhões de euros

Na semana em que se assinala o Dia da Produção Nacional, celebrado a 26 de abril, o Clube de Produtores Continente revela que, nos seus 20 anos de atividade, contribuiu para o escoamento de produtos no valor de 3 mil e 300 milhões de euros, produzidos pelos seus parceiros portugueses.

Recorde-se que o Clube de Produtores Continente surgiu em 1998 para fazer a ligação entre a produção nacional e o Continente, dando suporte técnico a centenas de produtores, com quem foram celebrados contratos-programa para estabilizar e antecipar a oferta, mas, também, para lhes oferecer garantias e segurança.

Dessa forma, o Clube de Produtores Continente permitiu às lojas oferecerem frutas e legumes de qualidade, uma oferta que foi posteriormente enriquecida com o apoio de produtores de carne, queijos e enchidos, pão e pastelaria tradicional, vinhos, azeite e doçaria, e que hoje em dia totalizam 200 entidades, empregando mais de 11.000 pessoas e representando uma área produtiva superior a 200.000 hectares (o equivalente a aproximadamente 200.000 campos de futebol).

No decorrer da sua atividade, o Clube de Produtores desenvolveu um sistema de certificação próprio, baseado em normas e referenciais europeus, que robusteceu o processo produtivo dos seus parceiros e lhes deu capacidade para se assumirem como exportadores. Outros há que, pela sua dimensão, só conseguem abastecer algumas lojas locais, o que permite ao Continente disponibilizar aos clientes produtos tradicionais e até edições limitadas.

Recentemente, o Clube lançou também um programa de formação, a Academia do Clube de Produtores Continente, na qual os produtores são convidados a frequentar sessões de capacitação e partilha de conhecimento sobre várias áreas da cadeia de abastecimento. O programa é assegurado por quadros da Sonae e um conjunto de investigadores, que formam um Conselho Científico, para partilhar conhecimento técnico e as melhores práticas internacionais.

Para além do apoio técnico permanente, o Clube de Produtores Continente garante aos seus parceiros o escoamento de uma parte das produções e representatividade junto de entidades oficiais. Todos aqueles que desejem candidatar-se ao Clube têm apenas de se inscrever através do portal, acessível em http://clubedeprodutores.continente.pt/ .

 

Declarações:

Ondina Afonso, Presidente do Clube de Produtores Continente, declara-se “orgulhosa por assinalar os 20 anos de atividade de uma iniciativa que contribuiu para profissionalizar a relação entre a produção e a distribuição moderna e que ajudou igualmente a desenvolver a atividade agrícola e pecuária portuguesa, dando marca à natureza e transformando pequenas empresas familiares em grandes exportadoras. Hoje em dia, somos uma família de mais de 11.000 pessoas, empenhadas em fazer chegar os melhores frescos e produtos nacionais à mesa dos portugueses, assegurando outros 20 anos de atividade tão ou mais proveitosos do que os últimos.”

Comente este artigo
Anterior Roteiro Ovibeja com "Todo o Alentejo deste Mundo" - Abre portas ao público já esta sexta-feira
Próximo Consulai-Mesa redonda - Nova geração na agricultura - 27 de Abril 2018 - Beja

Artigos relacionados

Cotações PT

Animais apresentados para leilão 30/2017

[Fonte: AJASUL]

Nº Total de Animais: 377 Leilão Nº 30/2017 – Bolsa de Gado Bovino de Évora Data Leilão: 05-09-2017

Lote

Raça
Sexo
Idade
Apresentante
Licitação

001
7
X Carne
M
5 M
Chicau dos Santos, […]

Inovação

Informação projecto H2020 IoF2020

A Internet das Coisas cada vez mais próxima da sua mesa
O  projeto Internet of Food & Farm 2020 (IoF2020, www.iof2020.eu) investiga e promove a implementação em grande escala da Internet das Coisas (IoT) no sector agrícola e alimentar Europeu. Com um orçamento de 34.7 milhões de euros, […]

Sugeridas

Refundar os Serviços Florestais e Aquícolas em Portugal Continental

Para: Exmo. Sr. Presidente da Assembleia da República
Resumo da petição: solicitamos que a Assembleia da República dote com urgência o país de uns novos Serviços Florestais e Aquícolas (ou outra designação), com a mais conveniente estrutura orgânica, apoiado num corpo técnico competente desde o nível dos guardas florestais até aos seus mais altos dirigentes, […]