Dia 21 de Março é revelada a – Árvore Europeia de 2018

Dia 21 de Março é revelada a – Árvore Europeia de 2018

Foram as 13 árvores que participaram este ano na 8.ª edição do prestigiado prémio da “Árvore Europeia do Ano“, com histórias fascinantes de 13 países da Europa. Durante o mês de fevereiro, os europeus puderam escolher a sua árvore preferida através de um sistema de votação on-line que esteve disponível em aqui.

O Tree of the Year realça a ligação emocional que as pessoas e as próprias comunidades mantêm com as árvores, bem como a sua importância para o património natural e cultural da Europa. Entre as histórias partilhadas este ano, destacou-se a árvore portuguesa, o Sobreiro Assobiador.

É já amanhã, dia 21 de março, entre as 17H e as 19H, que decorre a Cerimónia de Entrega de Prémios organizada pelo eurodeputado Pavel POC, no Parlamento Europeu em Bruxelas.

As histórias das árvore a concurso encontram-se disponíveis em: aqui

A cerimónia vai ser transmitida em streaming na página de Facebook do concurso em: aqui

A UNAC foi o parceiro escolhido para organizar o concurso a nível nacional.

Comente este artigo
Anterior DIT-UK e INOVISA apoiam startups portuguesas de Agro-tecnologia – Reino Unido é destino privilegiado para a internacionalização.
Próximo IRRIGANTS d’EUROPE- nova associação europeia nasce para defender a importância do regadio na produção de alimentos e no desenvolvimento rural

Artigos relacionados

Últimas

CHEP recebe certificação Top Employer na Europa pelo segundo ano consecutivo

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]
A CHEP, empresa de soluções para a cadeia de abastecimento, […]

Últimas

Agricultores europeus unidos por uma produção de leite responsável, ecológica e amiga do clima

Assembleia Geral do EMB reuniu em Itália a 14 e 15 de novembro e aprovou adesão da APROLEP e documento sobre agricultura e alterações climáticas. […]

Últimas

Passos admite mortes causadas por “problemas evidentes de comunicação” em Pedrógão Grande


O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, considerou hoje que “problemas evidentes de comunicação” poderão explicar a morte de dezenas de pessoas durante o incêndio de Pedrógão Grande. […]