DGAV actualiza zona demarcada da Trioza erytreae

DGAV actualiza zona demarcada da Trioza erytreae

A 15 de Abril, a Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) procedeu à actualização da zona demarcada relativa à praga de quarentena Trioza erytreae. Esta actualização inclui novas freguesias – que integram total ou parcialmente a zona demarcada referente à Trioza erytreae –, nos concelhos de Oliveira de Azeméis (Ossela), Ponte de Lima (Arca; Ponte de Lima), São João da Madeira (São João da Madeira), Alcobaça (Cela), Lourinhã (Miragaia e Marteleira; Santa Bárbara; Vimeiro).

O insecto Trioza erytreae, também designada como psila africana dos citrinos, é vector da bactéria Candidatus Liberibacter africanus, que causa a doença Huanglongbing (conhecida igualmente como Citrus greening). A Trioza erytreae também pode causar estragos directos graves em citrinos e em outros hospedeiros.

O mapa actualizado pode ser consultado aqui. As listas das freguesias podem ser consultadas aqui (totalmente dentro da zona demarcada) e aqui (parcialmente dentro da zona demarcada).

Notícias relacionadas




Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior ISA: Dia Aberto 2019 - 8 de maio - Lisboa
Próximo Barragem do Fridão não avança

Artigos relacionados

Sugeridas

30 mil hectares consumidos nos últimos dias, 122 mil desde janeiro

[Fonte: Diário de Notícias]
Os incêndios florestais que se registam desde domingo nos distritos de Castelo Branco, Santarém e Portalegre consumiram quase 30 mil hectares, […]

Últimas

Acção informativa ensina como certificar, instalar e manter povoamentos de eucalipto – 31 de Março 2017 – Santiago do Cacém

Acção de informação destinada a proprietários de Santiago do Cacém, que acontece na próxima sexta-feira, 31 de Março, na ADAL (Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano) já tem o seu programa fechado. […]

Últimas

Las almendras suben por primera vez en dos meses

Cambio de tendencia en las cotizaciones de las almendras, que han anotado las primeras subidas tras dos meses de bajadas. Desde principios del mes de agosto los precios han estado descendiendo semana tras semana. […]