Desemprego é razão para investir na agricultura e pescas em Angola

Desemprego é razão para investir na agricultura e pescas em Angola

O vice-presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) Sherif Khaled disse hoje que a alta taxa de desemprego é uma das principais razões para Angola apostar na diversfiicação, devendo privilegiar a agricultura e pescas.

“Angola está a lidar com uma taxa de desemprego de 30%, e é uma das razões para diversificar a economia, já que o combate ao desemprego provou ser um desafio consistente”, disse Sheirf Khaled, em entrevista à Lusa em Abidjan, à margem da reunião extraordinária de governadores do BAD que aprovou o aumento de capital do banco para 208 mil milhões de dólares.

O banqueiro sustentou que “parte do processo de diversificação tem de servir para ajudar Angola a ser autossuficiente em termos alimentares, não faz sentido o país importar metade dos alimentos que consome”.

Continue a ler este artigo no Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior Alcácer do Sal: se não chove, as barragens não enchem e quem paga a fatura da água mais cara são os produtores de arroz
Próximo Agricultores: “Não há alternativa” a alojar imigrantes do Mira

Artigos relacionados

Nacional

ADVID está no Infravini. Projecto para desenvolvimento de plataforma de apoio à gestão das alterações climáticas na vinha

A ADVID — Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense participa no projecto Infravini — Infra-estrutura de Dados Espaciais para a Gestão das alterações Climáticas na Vinha, […]

Últimas

DS Smith lança relatório sobre tendências do packaging

A DS Smith disponibilizou recentemente o seu “Relatório sobre tendências do packaging: 2020 e anos seguintes”, centrado em quatro tendências. Segundo a empresa do sector da embalagem, […]

Nacional

Eng. Agronomo

Bio-Agro-Turismo Quinta do Vale

Perfil do candidato: Formação superior em ciencias agrarias, preferentemente com experiência;
Modalidade de contratação: contrato sem termo; […]