Desafios do Setor do Azeite e PAC pós 2020 debatidos em Murça – 20 de outubro

Desafios do Setor do Azeite e PAC pós 2020 debatidos em Murça – 20 de outubro

A Cooperativa Agrícola dos Olivicultores de Murça (CAOM) e a CONFAGRI organizam, no próximo dia 20 de outubro, em Murça, um Seminário para debater “Os desafios do setor do azeite e a PAC pós 2020 em Trás-os-Montes”.

Segundo Francisco Vilela Ribeiro (Presidente da CAOM) “este é o momento para, em colaboração com os nossos parceiros, definirmos estratégias para assegurar a sustentabilidade do setor e ultrapassar os desafios que o futuro nos apresenta. Já não é novidade que produzimos cada vez mais azeite e de melhor qualidade, o que se pode constatar pelo aumento dos níveis de exportação e pelos Prémios Internacionais que temos conquistado. Ainda recentemente fomos a única cooperativa nacional a conquistar três medalhas de ouro no segundo maior concurso internacional, OLIVINUS na Argentina, com apenas três lotes que submetemos a concurso, onde um dos quais obteve uma classificação de 94 pontos”.

Infelizmente, a região ainda não consegue valorizar convenientemente os produtos de qualidade que coloca no mercado, razão pela qual a CAOM, em parceria com autarquias, cooperativas e empresas, decidiu fundar a Associação – CEPAD (Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Douro), com o objetivo de diferenciar a região demarcada do Douro na produção de Azeites de excelência e de reconhecer o seu azeite como produto de Denominação de Origem Protegida (DOP).

Cerca de 80 % do olival da região é tradicional, centenário, de sequeiro e em bordadura das vinhas, ou seja, a falta de condições para modernização aliada aos constrangimentos climatéricos da falta de água colocam obstáculos à expansão da sua atividade o que compromete a fixação de pessoas no interior das povoações e a coesão territorial.

Sobre o Programa

Este Seminário que terá lugar no Auditório Municipal de Murça, tem início às 10h com abertura a cargo do presidente da Cooperativa Agrícola dos Olivicultores de Murça, Francisco Vilela Ribeiro, seguido do Presidente da FENAZEITES, Aníbal Martins e do Presidente da Câmara Municipal de Murça, Mário Lopes.

Seguir-se-á o 1º Painel, às 10h30, moderado por Francisco Silva, onde serão abordadas as “Boas práticas do Olival”, “A PAC PÓS 2020 – Perspetiva para o setor Olivícola” e o “Enquadramento fiscal e contributivo da Atividade Agrícola”, a cargo do José Gouveia, Arlindo Cunha e Albino Alves, respetivamente.

Na parte da tarde, terá lugar o 2º Painel, às 14h30, onde se irá dar a “Conhecer os Azeites”, com o Prof. José Gouveia e será anunciado o “Plano de Contingência para a Xylella Fastidiosa”, por Ana Paula Cruz de Carvalho. Este painel será moderado por Patrícia Falcão Duarte.

Às 16h haverá lugar para um “debate e provas” e às 17h a sessão de encerramento.

No decorrer da sessão, lugar também a um almoço convívio com os participantes com momento musical.

A participação é livre, mas sujeita a inscrição para geral@caom.pt.

Comente este artigo
Anterior Arrendamento de parcelas rústicas da EDIA
Próximo Vacas lideram aumento das emissões de metano em Portugal

Artigos relacionados

Comunicados

CAP promove vinhos portugueses na Tailândia

No âmbito do programa europeu de apoio à promoção de vinhos em Países Terceiros, a missão de internacionalização da CAP […]

Últimas

Candidaturas de empresas aos incentivos à inovação com valores “recorde”

[Fonte: ECO – fundos comunitários]

As candidaturas ao concurso de investimento empresarial do Portugal 2020 encerraram na sexta-feira com 1.155 propostas e 2.840 milhões de euros de investimento associado, […]

Últimas

Agricultor? Maria do Céu Albuquerque. Nova ministra da Agricultura. Conhece? É quem vai negociar a nova PAC

[Fonte: Agricultura e Mar]

Maria do Céu Albuquerque é a nova ministra da Agricultura. Senhor agricultor se não conhece a substituta de Luís Capoulas Santos, […]