Decorreu entre 15 e 19 de junho, o curso “Uso de Máquinas Pesadas na Prevenção e no Combate a Incêndios Rurais”

Decorreu entre 15 e 19 de junho, o curso “Uso de Máquinas Pesadas na Prevenção e no Combate a Incêndios Rurais”

Organizado pelo ICNF, e enquadrado na estratégia de capacitação interna do ICNF que está em curso, a ação de formação contou também com a colaboração de formadores espanhóis e possibilitou a formação de 23 operadores do instituto, enquadrando-se na estratégia de capacitação interna do ICNF que está em curso. A componente teórica teve lugar no Centro de Operações e Técnicas Florestais do ICNF, e a prática no terreno, na zona de Góis.
Os formadores – Juan Bautista, de Castilla-La Mancha, e Juan Jesús, da Extremadura, acompanhados de dois operadores espanhóis – partilharam conhecimentos, experiências e ensinamentos adquiridos com o uso das máquinas pesadas na prevenção e no combate aos incêndios rurais em Espanha.

O ICNF adquiriu recentemente 10 máquinas de rastos, num investimento que reforça a sua capacidade de intervenção no âmbito da prevenção estrutural e do apoio ao combate a incêndios rurais. Estes meios encontram-se distribuídos por vários pontos estratégicos do país e reforçam já este ano a capacidade de intervenção com máquinas pesadas no combate aos incêndios rurais conforme previsto na Diretiva Operacional n.º 2 – DECIR 2020, sendo neste âmbito acionadas junto do ICNF através do Comando Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Na cerimónia de encerramento da ação de formação organizada pelo ICNF, o Vogal do CD responsável pela Gestão dos Fogos Rurais, Eng.º Nuno Sequeira, agradeceu a participação de todos e deu a conhecer a estratégia do ICNF em que se enquadra a ação, que teve por objetivo aumentar a capacitação dos seus agentes no terreno para uma intervenção eficaz e em segurança.

#ICNFsomosTODOSnos

Comente este artigo
Anterior “O fator que influencia mais os resultados da EDIA não será pandemia, mas sim o calor ou a chuva”, diz presidente da EDIA (c/som)
Próximo A produção de carne bovina na Europa a beneficiar da Rede de Inovação de Carne de Bovino, projeto financiado pela UE

Artigos relacionados

Dossiers

Tremoço dos Andes- uma nova alternativa cultural com múltiplas utilizações

[Fonte: Lusosem] O consórcio europeu de investigação
LIBBIO reuniu-se a 10 e 11 de Abril em Bremen, na Alemanha, […]

Últimas

BiodivSummit promove debate sobre biodiversidade no sítio certo


Já está a decorrer no Centro Ciência Viva da Floresta o primeiro de dois dias do BiodicSummit, uma conferência que pretende assinalar o Dia Internacional da Biodiversidade, […]

Notícias mercados

Nuno Correia, FPAS: Panorama das exportações Portuguesas

Exportações crescem e chegam aos 191 milhões de euros no final do ano passado. Com 2021 a prometer bater novos recordes, entrevistámos Nuno Correia, diretor da FPAS, para desenhar […]