Madeira: Cultura do Abacateiro – Alerta

Madeira: Cultura do Abacateiro – Alerta

Tendo sido observadas na última semana posturas quer do percevejo do abacateiro – Pseudacysta perseae, quer do aranhiço cristalino do abacateiro – Oligonychus perseae e atendendo à época do ano e à dinâmica populacional, recomenda-se que se dê início aos tratamentos para o controle das referidas pragas. De outro modo, será expetável que se assista ao ataque a partir dos finais do corrente mês, com o pico destas pragas a ocorrer nos meses de outubro e novembro, provavelmente até ao mês de dezembro.

Recomenda-se que o tratamento seja feito com o produto homologado para o efeito, nomeadamente o Vertimec 018 EC (inseticida/acaricida), com a aplicação da calda a ser dirigida única e exclusivamente para a parte inferior das folhas.

O tratamento referido anteriormente deve ser alternado com o enxofre molhável Azufega 80 LA ou Azufega Disper WG (inseticida/acaricida e fungicida), com a aplicação da calda a ser dirigida à parte superior e inferior das folhas.

Na aplicação dos tratamentos dever-se-á ter atenção à proteção individual do aplicador, bem como ao cumprimento dos intervalos de segurança.

Aurélia Sena
Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural

O artigo foi publicado originalmente em DICAs.

Comente este artigo
Anterior Abelhas e floresta, uma relação forte
Próximo Plano de Recuperação e Resiliência - Assinatura de contrato entre estrutura de missão e IFAP

Artigos relacionados

Nacional

Incêndios: Xavier Viegas lamenta dificuldades colocadas ao estudo de fogos florestais

O investigador e professor catedrático da Universidade de Coimbra Domingos Xavier Viegas lamentou hoje as dificuldades colocadas ao estudo dos incêndios florestais, apesar de estes serem […]

Notícias fitofarmacêuticos

Bruxelas quer reduzir em 50% o uso de pesticidas até 2030

Comissão Europeia lançou duas estratégias para travar a perda de biodiversidade e reforçar a sustentabilidade da cadeia alimentar […]

Suplementos

AgroVida junho – Biliões que excluem as PME do pescado – editorial de Teresa Silveira

Os números volumosos que envolvem milhões, biliões ou triliões tendem a iludir-nos e a toldar-nos o raciocínio. […]