“Criou-se a ideia de que a agricultura biológica é uma coisa fantástica para o Ambiente. Esta opção cega vai dar mau resultado”

“Criou-se a ideia de que a agricultura biológica é uma coisa fantástica para o Ambiente. Esta opção cega vai dar mau resultado”

O agricultor João Coimbra lembra que a agricultura biológica usa e abusa de produtos como cobre e enxofre, e que além disso precisa de mais área para produzir a mesma quantidade de produto. “Sem agricultura intensiva, não conseguíamos alimentar a população mundial”

A necessidade faz o mestre. Nos anos 90, quando ainda dava os primeiros passos a cultivar milho na exploração da família na Golegã, João Coimbra – filho, neto e bisneto de agricultores – confrontou-se com a descida dos preços do produto. “Estava cada vez mais barato, devido à globalização. Todos os anos tínhamos de vender mais barato, e os preços da energia, dos adubos e da mão-de-obra estavam sempre a aumentar. Era um jovem agricultor e pensei que tinha de mudar de vida. Foi isso que me levou a fazer uma melhor gestão dos recursos, uma gestão mais eficiente. Tinha de produzir mais e gastar menos. Nessa altura, ainda não era uma questão de sensibilidade ambiental, mas sim uma questão de sobrevivência económica.”

Só mais tarde percebeu que o que fazia sentido económico, fazia sentido ecológico. “Aí começou a jornada de eficiência: mais quilos produzidos por unidade de água, de energia e de mão-de-obra. Desembocámos na agricultura de precisão, com soluções digitais, apoiada por recolha de dados”, diz, na entrevista semanal da VISÃO VERDE.

O produtor não tem dúvidas de que a agricultura moderna é muito mais sustentável do que a do tempo dos nossos avós, apesar da perceção pública contrária. “No passado, regávamos pela intuição. Olhávamos para a planta para tentar perceber se tinha sede.” Atualmente, com a ajuda de sensores de humidade,

VISÃO VERDE – João Coimbra

Continue a ler este artigo na Visão.

Comente este artigo
Anterior Principal destino dos efluentes pecuários é a valorização agrícola - Governo
Próximo Dia aberto / de campo do Grupo Operacional Polimax - 19 de abril

Artigos relacionados

Últimas

Pequenos ruminantes nos territórios do Interior Centro

O auditório da Junta de Freguesia de Meimoa (Penamacor) vai receber no próximo dia 10 de abril o Seminário “Pequenos Ruminantes nos Territórios do Interior Centro”. […]

LIVE

Live: Como posso contribuir para a biodiversidade na minha propriedade?

Medidas de promoção e salvaguarda da biodiversidade numa exploração pecuária extensiva no Parque Natural do Vale do Guadiana por João Madeira, Sociedade Agrícola Vargas Madeira, Lda. […]

Últimas

Presidente da CONFAGRI reúne hoje com a Ministra da Agricultura

O Presidente da CONFAGRI reúne, esta tarde, por vídeo conferência com a Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, para uma avaliação da […]