Covid-19: Setor da batata com dificuldades e poucas perspetivas de exportação

Covid-19: Setor da batata com dificuldades e poucas perspetivas de exportação

Associação vai incentivar o consumo de batatas portuguesas com uma campanha nas suas redes sociais.

O setor da batata enfrenta este ano “enormes dificuldades” e poucas perspetivas de exportação, devido à pandemia de covid-19, apontou esta quarta-feira a associação da batata de Portugal (Porbatata), incentivando o consumo deste tubérculo.

“Este ano a fileira da batata enfrenta enormes dificuldades. A pandemia de covid-19 praticamente paralisou as vendas para o canal horeca [hotéis, restaurantes e cafés]. A par disso, são poucas as perspetivas de exportação”, apontou, em comunicado, a Porbatata.

Para incentivar o consumo de batatas portuguesas, a associação vai hoje iniciar uma campanha nas suas redes sociais, com o mote “vamos por a batata em pratos limpos”, que pretende realçar os atributos deste alimento.

A associação adianta que a batata é “uma excelente fonte de energia” com zero desperdício e uma fonte de vitaminas, potássio e cálcio, deixando ainda o repto “Sou batata portuguesa — No lugar certo, na sua mesa”.

Citado no comunicado, o presidente da Porbatata, Sérgio Ferreira, afirmou que a iniciativa pretende “lembrar a importância nutricional da batata e o seu papel de destaque na nossa mesa”, sublinhando que este “é o momento ideal para lembrar os portugueses da sua importância”.

O lançamento oficial desta iniciativa decorre às 14:30 num ‘webinar’ que, conforme indicou a associação, vai contar com o secretário de Estado da Agricultura, Nuno Russo, o diretor-geral da Centromarca, Pedro Pimentel, o presidente da SIMAB, Rui Paulo Figueiredo, César Machado da direção de marketing estratégico do Crédito Agrícola e ainda Sérgio Ferreira Tânia Fonseca da Porbatata.

Em Portugal, o consumo ‘per capita’ de batata está fixado em 93,6 quilos por ano.

Este tubérculo é produzido em todo o país, destacando-se as zonas Entre Douro e Minho, Trás-os-Montes, Beira Interior, Beira Litoral, Oeste Ribatejo, Península de Setúbal e Costa Alentejana.

A área total ocupada pelo cultivo de batata em Portugal ascende a 22 mil hectares e a produção média atinge as 400 mil toneladas anuais.

Fundada em 2016, a Porbatata é uma organização sem fins lucrativos que pretende promover a batata portuguesa, através das suas características únicas.


O artigo foi publicado originalmente em Sábado.

Comente este artigo
Anterior Técnicos ilibados depois de receberem dinheiro e borregos. DIAP quer levar 157 pessoas a julgamento
Próximo “Portugal Sou Eu”. 16 figuras públicas põem consumidores a comprar nacional

Artigos relacionados

Últimas

Smart Farming, a ferramenta que faz a agricultura mais inteligente

Um consórcio, que reuniu organismos públicos e empresas privadas entre 2016 e 2018, trabalhou para desenvolver uma ferramenta que permita gerir a propriedade de forma mais inteligente e precisa, […]

Últimas

A carência de magnésio na macieira

IntroduçãoO magnésio é um dos constituintes da clorofila, desempenhando por isso um papel muito importante na fotossíntese.As necessidades deste nutriente são relativamente fracas, […]

Últimas

Arvoredo urbano deveria ser podado apenas por quem sabe

Ao contrário do que acontece noutros países, a profissão de arborista não está credenciada em Portugal. Petição online propõe que o parlamento […]