Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 9 a 15 Setembro 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Ovinos

As cotações médias nacionais dos borregos analisados, de <12 Kg, 22-28 Kg e de >28 Kg, mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Na Beira Interior a oferta de borrego foi fraca na área de mercado da Guarda e relativamente fraca em Castelo Branco e na Cova da Beira; a procura foi média na Guarda e na Cova da Beira e relativamente animada em Castelo Branco. Estabilidade das cotações dos borregos de <12 Kg nas três áreas.

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta de borrego foi muito fraca nas duas áreas de mercado, Coimbra e Viseu; a procura foi muito fraca em Coimbra e relativamente fraca em Viseu. A procura sofreu uma quebra nas últimas semanas, o que é normal para a época. Estabilidade de cotações dos borregos de <12 Kg nas duas áreas e descida dos carneiros reprodutores em Viseu (-30 EUR / Unidade).

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta de borrego foi relativamente abundante e a procura foi média. Estabilidade generalizada de cotações.

Alentejo

No Alentejo a oferta de borrego foi relativamente fraca nas áreas de mercado de Estremoz e Beja e média no Alentejo Norte, Alentejo Litoral, Évora e Elvas; a procura foi média em todas as áreas com exceção de Elvas em que foi relativamente fraca. Reajustamento em baixa da cotação +freq. dos borregos de 22-28 Kg no Alentejo Norte, -5 cêntimos / Kg.

Trás-os-Montes

Em Trás-os-Montes a oferta e a procura de borrego foram relativamente fracas, tendo baixado ambas nas últimas semanas. As cotações dos borregos de <12 Kg e de 13-21 Kg pautaram-se pela estabilidade nas três áreas de mercado analisadas, Alto Tâmega, Terra Fria e Terra Quente.

Caprinos

Na semana em análise a cotação média dos cabritos de <10 Kg manteve-se estável em relação à semana anterior nas três regiões analisadas, Beira Interior, Beira Litoral e Trás-os-Montes.

Beira Interior

Na Beira Interior a oferta de cabrito foi fraca nas três áreas de mercado, Cova da Beira, Guarda e Sertã; a procura foi relativamente fraca na Sertã e média na Cova da Beira e na Guarda. As cotações dos cabritos de <10 Kg mantiveram-se estáveis.

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta de cabrito foi muito fraca nas duas áreas de mercado, Coimbra e Viseu; a procura foi muito fraca em Coimbra e fraca em Viseu. A procura é reduzida nas duas áreas referidas e a oferta revela-se suficiente. Completa estabilidade de cotações dos cabritos de <10 Kg nas duas áreas.

Trás-os-Montes

Em Trás-os-Montes a oferta e a procura de cabrito foram relativamente fracas, tendo ambas diminuído nas últimas semanas. As cotações dos cabritos de <10 Kg mantiveram-se estáveis nas três áreas de mercado analisadas, Alto Tâmega, Terra Fria e Terra Quente.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta e a procura de cabrito foram fracas. As cotações dos cabritos de <10 Kg não registaram quaisquer alterações.

Alentejo

No Alentejo a oferta e a procura de cabrito foram fracas nas duas áreas de mercado analisadas, Alentejo Norte e Estremoz. Estabilidade de cotações dos cabritos, de <10 Kg e de >10 Kg, e dos animais adultos nas duas áreas.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Comente este artigo
Anterior O cabeça de lista do CDS no círculo de Setúbal, Nuno Magalhães, considerou esta quarta-feira, em Santiago do Cacém, que a aposta na produção agrícola “é vital e prioritária”, tendo em conta não só “o impacto para a economia do país”, como no “combate às alterações climáticas” e proteção do ambiente.
Próximo Tilray faz de Cantanhede a capital portuguesa da canábis para fins medicinais

Artigos relacionados

Dossiers

Estabilidad en el mercado del aceite de oliva


Los precios del aceite de oliva se mantuvieron prácticamente sin cambios durante esta semana en el mercado nacional. Según fuentes de Oleoestepa, […]

Nacional

Governo vai pagar por árvores que capturem carbono

O Governo vai pagar até 150 euros por ano e por hectare aos proprietários florestais que tenham espécies que façam o sequestro de carbono. […]

Dossiers

Edição do genoma | Cereais que fixam o nitrogénio são quase uma realidade

Cientistas do MIT (EUA) estão a testar novas técnicas de engenharia vegetal em plantas de tabaco. O objetivo é criar plantas com capacidade de fixação de nitrogénio através da edição genética. […]