Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 15 a 21 Julho 2019

[Fonte: Agricultura e Mar - Cotações]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Ovinos

Deu-se um aumento da cotação média nacional dos borregos de <12 Kg em relação à semana anterior, +20 cêntimos/Kg; estabilidade das cotações dos borregos de 22-28 Kg e de >28 Kg.

Na Beira Interior a oferta de borrego foi média nas áreas de mercado de Castelo Branco e da Cova da Beira e relativamente abundante na Guarda; a procura foi média na Guarda e na Cova da Beira e relativamente animada em Castelo Branco. A procura aumentou em Castelo Branco, o mesmo acontecendo às cotações dos borregos de <12 Kg, +60 cêntimos / Kg.

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta de borrego foi muito fraca nas duas áreas de mercado, Coimbra e Viseu; a procura foi muito fraca em Coimbra e relativamente fraca em Viseu. Acréscimo da cotação +freq. dos borregos de <12 Kg em Viseu, +15 cêntimos / Kg.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta de borrego foi relativamente abundante e a procura foi relativamente fraca. Estabilidade generalizada de cotações.

Alentejo

No Alentejo a oferta de borrego foi relativamente fraca nas áreas de mercado de Estremoz e Beja e média no Alentejo Norte, Alentejo Litoral, Évora e Elvas; a procura foi média nas 6 áreas de mercado referidas. Descida de cotações dos borregos de 13-21 Kg (-20 cêntimos / Kg) e de 22-28 Kg (-40 cêntimos / Kg) em Elvas.

Trás-os-Montes

Em Trás-os-Montes a oferta de borrego foi média e a procura relativamente fraca. As cotações dos borregos de <12 Kg pautaram-se pela estabilidade nas três áreas de mercado analisadas, Alto Tâmega, Terra Fria e Terra Quente.

Caprinos

Na semana em análise as cotações médias dos cabritos de <10 Kg mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior nas três regiões analisadas, Beira Interior, Beira Litoral e Trás-os-Montes.

Na Beira Interior a oferta de cabrito foi fraca nas áreas de mercado da Cova da Beira e Sertã e média na Guarda; a procura foi relativamente fraca na Sertã, média na Guarda e relativamente animada na Cova da Beira.

As cotações dos cabritos de <10 Kg continuaram a manter-se estáveis. Na Beira Litoral a oferta e a procura de cabrito foram muito fracas na área de mercado de Coimbra; em Viseu a oferta foi muito fraca e a procura fraca. Subida da cotação mín. dos cabritos de <10 Kg em Viseu, +50 cêntimos / Kg.

Trás-os-Montes

Em Trás-os-Montes a oferta e a procura de cabrito foram relativamente fracas. As cotações dos cabritos de <10 Kg mantiveram-se estáveis nas três áreas de mercado analisadas, Alto Tâmega, Terra Fria e Terra Quente.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta e a procura de cabrito foram fracas. As cotações dos cabritos de <10 Kg não registaram quaisquer alterações.

Alentejo

No Alentejo a oferta de cabrito foi fraca na área de mercado de Estremoz e média no Alentejo Norte; a procura foi fraca nas duas áreas referidas. Estabilidade de cotações dos cabritos, de <10 Kg e de >10 Kg, e dos animais adultos nas duas áreas.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 15 a 21 Julho 2019 foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Anterior Inferno, desespero e terror: Os incêndios de Castelo Branco vistos pela imprensa internacional
Próximo Aprovado projeto de valorização e conservação dos recursos florestais na Macaronésia

Artigos relacionados

Comunicados

2BForest novamente na FACECO2018

[Fonte: 2BForest]
2BForest participa pelo 2º ano consecutivo na FACECO, em S. Teotónio, Odemira, para divulgar o trabalho desenvolvido na promoção da gestão florestal e sua certificação nesta região. […]

Internacional

Arranca el programa 2019-20 de distribución de leche y frutas en las escuelas

[Fonte: Agropopular – UE]

Con el inicio del nuevo año escolar arranca también el programa de distribución gratuita de leche y de frutas y hortalizas en las escuelas en la Unión Europea. […]

Comunicados

“Orçamento do Estado para 2019 não serve os agricultores e a agricultura portuguesa”

A ADACO – Associação Distrital dos Agricultores de Coimbra está a realizar uma “campanha de esclarecimento” com idas a algumas Feiras do Distrito de Coimbra para auscultar os Agricultores e demais População, […]