Cotações – Ovinos e Caprinos- 3 a 9 de maio 2021

Cotações – Ovinos e Caprinos- 3 a 9 de maio 2021

Ovinos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos borregos de <12 kg (-9 cêntimos / kg) e de >28 kg (-1 cêntimo / kg) sofreram um ligeiro decréscimo em relação à semana anterior; estabilidade dos borregos de 22-28 kg.

Na Beira Interior a oferta de borrego foi fraca na área de mercado de Castelo Branco, relativamente fraca na Guarda e média na Cova da Beira. A procura foi média nas três áreas de mercado referidas, tendo baixado em relação à semana anterior na Cova da Beira, o que conduziu a uma descida de cotações dos borregos de <12 kg (-25 cêntimos / kg).

Na Beira Litoral a oferta e a procura de borrego foram muito fracas nas duas áreas de mercado, Coimbra e Viseu. A escassa oferta é suficiente para satisfazer a fraca procura, quer no caso do borrego, quer das ovelhas de refugo. Decréscimo dos borregos de <12 kg em Coimbra (-10 cêntimos / kg).

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta de borrego foi relativamente fraca e a procura foi média. Estabilidade de cotações.

No Alentejo a oferta de borrego foi relativamente fraca nas áreas de mercado do Alentejo Litoral e Beja e média em Évora, Estremoz, Alentejo Norte e Elvas; a procura foi relativamente fraca em Évora, no Alentejo Norte e Estremoz e média nas restantes áreas. Redução de cotações dos borregos de 13-21 kg em Beja e Estremoz (-30 cêntimos / kg), dos borregos de 22-28 kg nas mesmas duas áreas (-10 cêntimos / kg) e dos borregos de >28 kg no Alentejo Norte (-5 cêntimos / kg).

Em Trás-os-Montes a oferta de borrego foi média e a procura relativamente fraca. As cotações dos borregos de <12 e de 13-21 kg mantiveram-se estáveis nas três áreas de mercado analisadas, Alto Tâmega, Terra Fria e Terra Quente.

Caprinos

Na semana em análise a cotação média dos cabritos de <10 kg sofreu uma redução em relação à semana anterior na região da Beira Interior (-17 cêntimos / kg); estabilidade destes animais na Beira Litoral e em Trás-os-Montes.

Na Beira Interior a oferta de cabrito foi relativamente fraca e a procura média nas três áreas de mercado analisadas, Cova da Beira, Guarda e Sertã. A procura diminuiu em relação à semana anterior na Cova da Beira, o que acarretou uma redução de cotações dos cabritos de <10 kg (-50 cêntimos / kg).

Na Beira Litoral a oferta e a procura de cabrito foram muito fracas nas duas áreas de mercado analisadas, Coimbra e Viseu. Com a passagem da quadra Pascal a relação oferta-procura voltou a apresentar-se equilibrada, a níveis muito reduzidos. Estabilidade generalizada de cotações nas duas áreas.

Em Trás-os-Montes a oferta de cabrito foi média e a procura relativamente fraca. Estabilidade de cotações dos cabritos de <10 kg nas três áreas de mercado analisadas, Alto Tâmega, Terra Fria e Terra Quente.

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta de cabrito foi fraca e a procura muito fraca. As cotações dos cabritos, de <10 kg e de >10 kg, pautaram-se pela estabilidade em relação à semana anterior.

No Alentejo a oferta de cabrito foi relativamente fraca nas duas áreas de mercado, Alentejo Norte e Estremoz. A procura foi fraca no Alentejo Norte e relativamente fraca em Estremoz. Redução de cotações dos cabritos de <10 kg (-5 cêntimos / kg) e de >10 kg (-10 cêntimos / kg) em Estremoz.

→ Aceda aqui às cotações ←

 

Comente este artigo
Anterior Cotações - Coelhos - 3 a 9 de maio 2021
Próximo Cotações - Suínos- 3 a 9 de maio 2021

Artigos relacionados

Nacional

Organic Food Iberia 2019. participação portuguesa tem inscrições abertas

A representação nacional na Organic Food Iberia é realizada através do Portuguese Agrofood Cluster (PortugalFoods, Inovcluster, Agrocluster e Portugal Fresh) em colaboração com a AGROBIO e tem o apoio do Ministério da Agricultura, […]

Nacional

Madeira produz um dos melhores gins do mundo

Presidente do Governo elogiou capacidade dos empresários, defendendo tratar-se de mais um exemplo de que a Região pode se afirmar em qualquer setor […]

Dossiers

Urge a rápida averiguação dos prejuízos e pagamentos aos agricultores afectados pelo mau tempo

A CNA está solidária com as agricultoras e os agricultores que mais uma vez enfrentam o mau tempo que assolou o País na tarde de ontem, e que se prevê que continue nas próximas horas. […]