Cotações – Flores e Folhagens – 4 a 10 de outubro de 2021

Cotações – Flores e Folhagens – 4 a 10 de outubro de 2021

Alstroeméria – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média. Boa qualidade. Escoamento sem dificuldades.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta e a procura foram médias. Cotações sem alterações.

Arália – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média e foi suficiente para a procura. Cotações estáveis.

Cravo/Cravina – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi média e equilibrou a procura. O escoamento efetuou-se sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi muito fraca e a procura baixa. Subida da cotação máxima e da mais frequente do cravo “Tipo Americano” e do cravo “Tipo Spray”.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península Setúbal, a oferta foi baixa e a procura média. Subida das cotações do cravo “Tipo Americano” e subida da cotação mínima e descida da máxima do cravo “Tipo Spray”.

Crisântemo – Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta do crisântemo “Tipo Spray” foi média e está a aumentar devido a plantações novas. Procura média. Cotações sem alterações. Melhor qualidade das plantas. Maior procura pela cor branca. Os preços tendem a aumentar devido à aproximação do “dia dos finados” .

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta continuou baixa e a procura esteve média. Subida da cotação mínima e da máxima. Início de campanha do crisântemo “Tipo Standard”.

Espargo – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, a oferta foi suficiente para a procura média. Cotações estáveis.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta e a procura apresentaram-se médias. Cotações sem alterações.

Estrelícia – Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral iniciou-se a campanha de produção e comercialização com a oferta e a procura ainda baixas.

Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta continuou baixa e a procura média/baixa. :Subida da cotação mínima e da mais frequente e descida da cotação máxima.

Eucaliptos – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média e a procura média/baixa. Cotações sem alterações.

Feto – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi baixa e a procura também. Subida da cotação mínima do feto “Grande” e da cotação mínima e da mais frequente do feto “Médio”.

Gerbera – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta e a procura foram médias. Escoamento sem dificuldades. Boa qualidade da flor.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta continuou muito baixa e as cotações valorizaram. Procura média/baixa. Flor utilizada nos funerais.

Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média e a procura também. Subida da cotação máxima e da mais frequente da gerbera “Grande” e da mínima e da mais frequente da gerbera “Mini”.

Gipsofila – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média e equilibrou a procura. Subida da cotação máxima.

Gladíolo – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações continuaram estabilizadas. A oferta foi média e foi suficiente para a procura. Boa qualidade. Escoamento sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi escassa e a procura baixa. Cotações sem alterações.

Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta apresentou-se média e a procura baixa. Cotações sem alterações.

Girassol – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta e a procura foram baixas. Cotações estáveis.

Lilium – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações continuaram estáveis. A oferta equilibrou a procura média. Boa qualidade . Escoamento sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi fraca e inferior a um ano normal nesta época. A procura esteve média/baixa. Qualidade razoável. Subida da cotação mínima e da máxima do lilium “Médio”.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi quase nula assim como a procura. Esta semana não se registaram transações.

Limonium – Na Região Ribatejo Oeste, na área de mercado Península de Setúbal, a oferte e a procura foram baixas. Subida da cotação mais frequente.

Rosa – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações da rosa não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média. Boa qualidade. Concorrência de produto importado do Equador e Holanda.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi média/baixa e a procura média. Flor com maior procura no mercado. Qualidade média. Presença de rosa do Equador e da Holanda para colmatar a falta de produto nacional. Subida das cotações da rosa >60 cm, da cotação mais frequente da rosa <40 cm e da cotação máxima e da mais frequente da rosa 40-60 cm.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média/baixa e a procura média. Subida da cotação mínima e da mais frequente para a rosa de tamanho <40 cm. Subida da cotação máxima e da mais frequente para o rosa de tamanho 40-60 cm e da cotação máxima para o tamanho >60cm.

Ruscus – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta e a procura foram médias. Cotações estabilizadas.

Statice – Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta continuou baixa porque as plantações novas ainda têm pouca produção. Procura média. Subida da cotação mínima.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta e a procura foram baixas. Subida da cotação mais frequente.

→ Aceda aqui às cotações ←

Cotações – Flores e Folhagens – 27 de setembro a 3 de outubro de 2021

Comente este artigo
Anterior Agricultura de Precisão | Formação para Técnicos Superiores PDR2020 – Operação 2.1.1- 18 a 30 de novembro - Elvas
Próximo Medidas para impedir a introdução e a propagação do vírus do fruto rugoso castanho do tomateiro - ToBRFV

Artigos relacionados

LIVE

Live-stream: Como promover as dinâmicas agrícolas de índole local?

“Como promover as dinâmicas agrícolas de índole local?” insere-se no ciclo de webinars temáticos intitulado “Cultivar Diálogos, Construir Caminhos”, cujo objetivo é promover um diálogo sobre o […]

Nacional

Greve dos trabalhadores da Central de Cervejas ameaça deixar mercado sem “cervejinha”

A greve iniciada hoje pelos trabalhadores da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (SCC) está a registar uma adesão de 100%, […]

Nacional

Gestora do Parque Natural Sintra-Cascais com apoio de 400 mil euros para conservação

A empresa que gere o Parque Natural de Sintra-Cascais vai receber um apoio de 400 mil euros para desenvolver ações de conservação e preservação das áreas florestais, anunciou hoje a Câmara […]