Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 27 Maio a 2 Junho 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

As cotações médias nacionais dos novilhos e novilhas de 12-24 meses, de raça Turina e cruzado de Charolês, mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior. Na região do Entre Douro e Minho a oferta e a procura de bovinos foram médias e equilibradas.

Nas duas áreas de mercado desta região, Entre Douro e Minho e Ribadouro, as cotações pautaram-se pela estabilidade em relação à semana anterior.

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta e a procura de bovinos foram fracas, em todas as áreas de mercado Viseu, Coimbra e Aveiro. As cotações na área de mercado de Aveiro desceram 5 cêntimos/Kg na cotação máx. e na cotação mais frequente nos novilhos (as) de 12 a 24 meses cruzado de Charolês. Mantendo-se estáveis as cotações em todas as categorias e áreas de mercado, em relação à semana anterior.

Beira Interior

Na Beira Interior a oferta de bovinos foi abundante na área de mercado de Castelo Branco e média na Guarda, a procura foi média em ambas as áreas de mercado Castelo Branco e Guarda. As cotações mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta e a procura de bovinos foram médias. As cotações mantiveram-se estáveis em todas as categorias e áreas de mercado, em relação á semana anterior.

Alentejo

No Alentejo a oferta e a procura de bovinos foram médias nas áreas de mercado de Elvas, Beja, Estremoz e Alentejo Litoral. Na área de mercado do Alentejo Norte e Évora a oferta foi média e a procura animada. Verificando-se manutenção das cotações em todas as categorias e áreas de mercado.

A tendência da Bolsa do Bovino foi de manutenção das cotações em todas as categorias.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Anterior Perspetiva do Mercado sobre a Indústria da Cannabis Medicinal - 5 de junho - Lisboa
Próximo Marca ‘Cereais do Alentejo’ deverá gerar volume de negócios de 2,5 M€ em dois anos

Artigos relacionados

Últimas

“Há que conquistar mercados alternativos mas para isso precisamos de uma Interprofissional”

Jorge Durão Neves foi eleito presidente da ANPROMIS – Associação Nacional de Produtores de Milho e Sorgo – em março passado para […]

Dossiers

Afetados dos Incêndios de Outubro avançam para manifestação a 2 de Fevereiro

A Maavim, realizou ontem uma conferência de imprensa em Arganil, onde elencou uma série de situações detetadas no terreno. Após reuniões efetuadas na Presidência da Republica, […]

Cotações ES

Los corderos lechales se pagan más baratos que el año pasado


Septiembre finaliza con una repetición generalizada en los precios de los corderos, tras las subidas de las últimas semanas como reflejo de la estabilidad y lentitud en las ventas de cordero. […]