Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 2 a 8 Setembro 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

As cotações médias nacionais dos novilhos e novilhas de 12 a 24 meses, de raça Turina mantiveram-se estáveis em relação á semana anterior, embora as novilhas de 12 a 24 meses cruzado de Charolês tenham descido 3 cêntimos/Kg e os novilhos de 12 a 24 meses cruzado de Charolês desceram 2 cêntimos/Kg.

Entre Douro e Minho

Na região do Entre Douro e Minho a oferta e a procura de bovinos foram médias e equilibradas. Mantém-se a entrada de carne oriunda do mercado externo, principalmente de Espanha. Estabilidade de cotações nas duas áreas de mercado desta região, Entre Douro e Minho e Ribadouro.

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta foi relativamente fraca e a procura fraca nas três áreas de mercado analisadas, Aveiro, Coimbra e Viseu. Na área de mercado de Viseu, as novilhas/os de 12 a 24 meses cruzado de Charolês desceram 5 cêntimos/Kg na cotação mais frequente e as vacas de abate cruzado de Charolês desceram 20 cêntimos/Kg. As restantes cotações mantiveram-se estáveis nas restantes categorias das três áreas de mercado.

Beira Interior

Na Beira Interior a oferta de bovinos foi média na área de mercado da Guarda e relativamente abundante em Castelo Branco; a procura foi média em ambas as áreas de mercado. As cotações mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta de bovinos foi média e a procura relativamente fraca. Estabilidade de cotações em todas as categorias de animais.

Alentejo

No Alentejo a oferta e a procura de bovinos foi média nas áreas de mercado de Alentejo Litoral, Estremoz, Beja e Elvas. Com excepção de Évora, em que foi relativamente abundante a oferta e a procura e na área de mercado do Alentejo Norte a oferta foi média e a procura foi relativamente animada.

Évora

Na área de mercado de Évora na cotação mais frequente, as novilhas de 12 a 24 meses cruzado de Charolês desceu 2 cêntimos/Kg e os novilhos de 12 a 24 meses cruzado de Charolês desceu 5 cêntimos/Kg. Na área de mercado do Alentejo Norte o Vitelão fêmea de 8 a 12 meses cruzado de Charolês desceu 20 EUR/UNID. na cotação mais frequente.

Nas restantes categorias e áreas de mercado, verificou-se estabilidade das cotações em relação à semana anterior.

A tendência da Bolsa do Bovino foi de manutenção de cotações em todas as categorias.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Anterior Portugal entre os 30 países mais sustentáveis do mundo, de acordo com a ONU
Próximo Mondego apresentou culturas agrícolas

Artigos relacionados

Dossiers

Sin cambios en vacuno pese a que la demanda es inferior a la oferta


Continúa sin cambios los precios de las canales de vacuno, en un mercado que continúa pesado, tanto por una oferta que aumenta por el ciclo estacional y un consumo que no se recupera, […]

Dossiers
Últimas

Oferta de emprego – Tecnico de Produção Animal – Engenheiro Zootécnico – Santa Comba Dão

A nossa empresa SAPEAL – Soc. Agro-Pecuaria de Anta, SA (VALGRUPO) está a recrutar um Tecnico de Produção Animal […]