Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 14 a 20 Janeiro 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

As cotações médias nacionais dos novilhos e novilhas de 12-18 meses, de raça Turina e cruzado de Charolês, mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Na região do Entre Douro e Minho a oferta e a procura de bovinos foram médias e equilibradas. Nas duas áreas de mercado desta região, Entre Douro e Minho e Ribadouro, as cotações pautaram-se pela estabilidade em relação à semana anterior.

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta de bovinos foi fraca e a procura foi ligeiramente fraca em todas as áreas de mercado de Viseu, Coimbra e Aveiro.

Verificou-se na área de mercado de Coimbra uma descida de 50 EUR / UNID. na cotação min. e descida de 25 EUR / UNID. na cotação mais freq. nos vitelos de 3 a 6 meses cruzado de Charolês.

Nas restantes categorias e áreas de mercados foi verificada uma estabilidade generalizada das cotações em relação à semana anterior.

Beira Interior

Na Beira Interior a oferta de bovinos foi abundante na área de mercado de Castelo Branco e média na Guarda; a procura foi média na área de mercado de Castelo Branco e fraca na área de mercado da Guarda. As cotações mantiveram-se estáveis em ambas as áreas de mercado.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta e a procura de bovinos foram médias. As cotações mantiveram-se estáveis.

Alentejo

No Alentejo a oferta e a procura de bovinos foram médias nas áreas de mercado de Évora, Elvas, Beja, Estremoz e Alentejo Litoral.

Na área de mercado do Alentejo Norte a oferta foi média e a procura animada. Verificou-se uma ligeira subida na cotação minima, máxima e mais freq. na área de mercado de Beja, nos vitelos de 6 a 8 meses cruzados de Charolês de 10 cêntimos / Kg.

Na área de mercado de Évora nos novilhos/as de 12 a 18 meses cruzado de Charolês a cotação máx. subiu 8 cêntimos / Kg, na vaca de abate cruzado de Charolês a cotação máx. desceu 20 cêntimos / Kg e a cotação mais frequente desceu 50 cêntimos / Kg e por ultimo na mesma área de mercado, as vacas de refugo cruzado de Charolês na cotação mais frequente desceu 10 cêntimos / Kg.

Verificando-se no entanto manutenção das cotações nas restantes categorias e áreas de mercado.

A tendência da Bolsa do Bovino foi de manutenção de cotações em todas as categorias.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Comente este artigo
Anterior ​Queimadas só com GNR, bombeiros ou sapadores “de alerta”
Próximo Oferta de Emprego - Técnico comercial (equipamentos florestais)

Artigos relacionados

Dossiers

Porque é que Portugal continua a arder assim? 7 respostas de especialistas

[Fonte: Observador] Floresta muito densa, falta de limpeza, despovoação, temperaturas altas e penas pouco dissuasoras. Porque é que Portugal continua a arder assim? […]

Cotações PT

Cotações – Hortícolas – Informação Semanal – 24 a 30 Dezembro 2018

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas
Mercados de produção
Abóbora – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, […]

Notícias PAC pós 2020

“Impasse” en la PAC, presupuesto y Brexit: La nevera es la prioridad en la UE ante los efectos de la pandemia

El coronavirus ha aparcado el calendario de negociaciones cruciales como el presupuesto comunitario, la Política Agrícola Común (PAC) o el acuerdo post Brexit, […]