Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 25 a 31 Março 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Aves

As cotações médias nacionais do frango, vivo (de 1,8 Kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 Kg) e do peru, vivo (de 14 a 15 Kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 Kg), mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Na região Centro a oferta de frango foi abundante nas duas áreas de mercado, Litoral Centro e Dão-Lafões; a procura foi relativamente animada em Dão-Lafões e animada no Litoral Centro. A procura e o consumo de frango para churrasco melhoraram nas duas últimas semanas. No caso do frango das classes de peso mais elevadas a oferta é um pouco excedentária.

Litoral Centro

No Litoral Centro as vendas para o mercado externo não são suficientes para escoar este tipo de frango. Esta semana as cotações do frango, vivo e abatido, não registaram quaisquer alterações nas duas áreas. Estabilidade do frango do campo e do peru abatido em Dão-Lafões.

As galinhas vivas, pesadas e semi-pesadas, mantiveram-se estáveis nas duas áreas analisadas.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta foi média e a procura relativamente animada. Estabilidade generalizada de cotações, quer para o frango, quer para o peru, vivos e abatidos, quer para as galinhas vivas, pesadas e semi-pesadas.

Ovos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos ovos, quer na produção (ovo a peso de 60-68 g), quer classificados e embalados em ovotermo das classes de peso M e L, mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior. No caso dos ovos a peso a estabilidade é pela 8ª semana consecutiva e dos ovos classificados pela 6.ª semana.

Região Centro

Na região Centro a oferta de ovo foi relativamente abundante e a procura média nas duas áreas de mercado, Dão-Lafões e Litoral Centro. A oferta é superior à procura, existindo bandos novos com postura já regularizada e ainda alguma oferta de ovo caseiro.

Mantêm-se as vendas para o mercado externo no Litoral Centro. Acréscimo das cotações máx. dos ovos classificados em cartão e ovotermo da classe L em Dão-Lafões (+3 cêntimos / dúzia).

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta de ovo foi relativamente abundante e a procura foi média. As cotações dos ovos, quer na produção, quer classificados, mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Comente este artigo
Anterior Agricultura vertical, contentores estufa e o futuro. Como a Jungle Greens quer salvar o mundo com vegetais e ervas aromáticas
Próximo Governo cria grupo de trabalho para avaliar viabilidade da Barragem do Pisão

Artigos relacionados

Últimas

OE2020: PEV propõe mais técnicos no ICNF e avaliação ambiental para aeroporto de Lisboa

Ecologistas começam já esta segunda-feira a apresentar propostas de alteração ao Orçamento nas áreas ambiental e social. […]

Notícias meteorologia

Previsão para a semana 10 – 16 Maio

A previsão para a semana aponta para a presença de uma circulação de oeste com influencia de perturbações que se deslocarão sobre a península […]

Cotações ES

La naranja se paga en origen al mismo precio que hace diez años


Según la Lonja de Valencia se están ultimando las compras y la recolección de campo y ya sólo cotiza dos variedades de naranja que oscilan entre 4 y 21 céntimos de euro por kilo en árbol. […]