Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 2 a 8 Novembro 2020

Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 2 a 8 Novembro 2020

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Aves

Na semana em análise deu-se um ligeiro decréscimo da cotação média nacional do frango abatido (65% – de 1100 a 1300 g) em relação à semana anterior (-2 cêntimos / kg). Estabilidade do frango vivo (de 1,8 kg) e do peru, vivo (de 14 a 15 kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 kg).

Beira Litoral

Na região da Beira Litoral, na área de mercado da Beira Litoral, a oferta de frango foi média e a procura foi relativamente fraca, tendo a procura voltado a baixar em relação à semana anterior, principalmente no que se refere ao frango para churrasco, cuja oferta é abundante e ainda com tendência a aumentar. Ligeira redução das cotações do frango abatido de 1100-1300 g (-5 cêntimos / kg). Descida da cot. mín. do frango do campo (-10 cêntimos / kg).

No caso do peru abatido registou-se um ligeiro acréscimo da cot. máx. (+5 cêntimos / kg); pelo contrário, o peito de peru sofreu uma descida (-5 cêntimos / kg) e a perna de peru manteve-se estável. Estabilidade de cotações das galinhas vivas, pesadas e semipesadas.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de frango foram médias. Estabilidade de cotações do frango e do peru, vivos e abatidos, da perna e peito de peru e ainda das galinhas vivas, pesadas e semipesadas.

Nota: 1) A partir da 1ª semana de 2020 as 2 Áreas de Mercado da Região da Beira Litoral – Dão-Lafões e Litoral Centro fundiram-se, dando origem à Área de Mercado da Beira Litoral. O mesmo aconteceu para as Áreas de Mercado de Dão-Lafões Gr. e Litoral Centro Gr., de cuja fusão resultou a Área de Mercado da Beira Litoral Gr. 2) Iniciou-se na semana 27 a recolha de cotações da perna e peito de peru nas duas regiões.

Ovos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos ovos, na produção (ovo a peso de 60 a 68 g) e classificados e embalados em ovotermo das classes de peso M e L, mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Na região da Beira Litoral a oferta de ovo foi abundante e a procura relativamente animada nas duas áreas de mercado, Dão-Lafões e Litoral Centro. Em Dão-Lafões a oferta de ovo das classes de peso S e M é abundante, a de ovo L é suficiente e a de ovo XL é escassa.

No Litoral Centro regista-se também uma oferta excedentária de ovos S e M, devido ao início da postura dos novos bandos. No Litoral Centro continua a sair ovo para o mercado externo. No que se refere às cotações dos ovos, a peso e classificados, não se registaram quaisquer alterações em relação à semana anterior nas duas áreas analisadas.

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de ovo foram médias e equilibradas. Registou-se uma ligeira diminuição da procura em algumas zonas do país que foi compensada pelo aumento na zona da Grande Lisboa. Mantém-se a estabilidade das cotações dos ovos, a peso e classificados, em cartão e ovotermo, de todas as classes de peso.

Todas as cotações aqui.

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior IFAP assume engano no pagamento da ajuda às Vacas em Aleitamento
Próximo Cotações – Suínos – Informação Semanal – 2 a 8 Novembro 2020

Artigos relacionados

Últimas

Aldeia Nova: A terra que reapareceu por culpa da seca

[Fonte: Diário do Alentejo] A culpa de ela ter voltado a emergir foi da seca. Da chuva que não caiu e que, […]

Nacional

Município do Bombarral promoveu sessão de esclarecimento sobre dúvidas dos produtores agrícolas sobre a Covid-19

Atendendo às preocupações que os produtores agrícolas estão a sentir relativamente à próxima campanha da apanha da fruta, devido à pandemia […]

Blogs

Coronavírus | Sequenciamento de genes, CRISPR e biologia genética usados no combate ao surto

Chineses fabricam o agente de deteção de ácido nucleico para o novo coronavírus na fábrica da Jiangsu Bioperfectus Technologies Co., Ltd. […]