Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 19 a 25 Agosto 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Aves

deu-se um decréscimo das cotações médias nacionais do frango, vivo (de 1,8 Kg) e abatido (65% – de 1100 a 1300 g), em relação à semana anterior, -2 cêntimos / Kg, em ambos os casos. Estabilidade do peru, vivo (de 14 a 15 Kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 Kg).

Região Centro

Na região Centro a oferta de frango foi abundante e a procura animada nas duas áreas de mercado, Dão-Lafões e Litoral Centro, tendo ambas diminuído em relação à semana anterior. A relação oferta-procura encontra-se equilibrada nas duas áreas analisadas, revelando-se a oferta suficiente.

Em Dão-Lafões a oferta de frango das classes de peso mais elevadas até é excedentária. Em Dão-Lafões deu-se uma descida do frango vivo (-5 cêntimos / Kg na cot. +freq.) e do frango abatido de todas as classes de peso (-4 a -10 cêntimos / Kg nas cot. mín.).

Litoral Centro

No Litoral Centro verificou-se uma redução das cot. +freq. do frango abatido de todas as classes, -10 cêntimos / Kg no caso da de 900-1100 g e -5 cêntimos / Kg para as restantes. Estabilidade do frango do campo e do peru abatido em Dão-Lafões e completa estabilidade das galinhas vivas, pesadas e semi-pesadas, nas duas áreas.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta foi média e a procura animada. Após a subida do frango vivo e abatido de todas as classes de peso verificada na passada semana, a tónica foi de estabilidade generalizada de cotações.

Ovos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos ovos classificados e embalados em ovotermo das classes de peso M e L, voltaram a subir, pela 3.ª semana consecutiva, +5 cêntimos / dúzia. Estabilidade do ovo na produção (ovo a peso de 60 a 68 g).

Centro

Na região Centro a oferta de ovo foi abundante nas duas áreas de mercado, Dão-Lafões e Litoral Centro; a procura foi muito animada em Dão-Lafões e animada no Litoral Centro, tendo diminuído um pouco nesta última área, o que é normal após a 2.ª quinzena do mês de Agosto.

A oferta revela-se por vezes insuficiente, nomeadamente no Litoral Centro para a classe de peso L. Subida generalizada das cotações dos ovos classificados – em cartão e ovotermo – nas duas áreas analisadas, +5 cêntimos / dúzia.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta de ovo foi média e a procura animada. Novo aumento generalizado das cotações dos ovos classificados, em cartão e ovotermo, de todas as classes de peso, S, M, L e XL, +5 cêntimos / dúzia.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Comente este artigo
Anterior O X Encontro Europeu da Castanha
Próximo Empresa polaca procura fornecedores biológicos de tremoço, favas, ervilha, aveia e trigo

Artigos relacionados

Comunicados

Atualização da zona demarcada para Xylella fastidiosa – 16/03/2020

No âmbito da implementação do disposto do Decreto-Lei n.º 154/2005, de 6 de setembro, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.º 243/2009, de 17 de […]

Dossiers

Crédito Agrícola divulga vencedores do Prémio Empreendedorismo e Inovação

Os vencedores da 6ª edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola são anunciados no próximo dia 02 de Dezembro. […]

Bioproteção e Biofertilizantes

Biofungicidas – projeto NASPA

O extrato de sargaço, uma mistura de diferentes algas marinhas castanhas muito abundante em Portugal, apresenta um potencial como biofungicida para uso agrícola […]