Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 15 a 21 Julho 2019

[Fonte: Agricultura e Mar - Cotações]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Aves

As cotações médias nacionais do frango, vivo (de 1,8 Kg) e abatido (65% – de 1100 a 1300 g) e do peru, vivo (de 14 a 15 Kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 Kg), mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Na região Centro a oferta de frango foi abundante e a procura animada na área de mercado de Dão-Lafões; no Litoral Centro a oferta foi muito abundante e a procura muito animada, tendo ambas aumentado em relação à semana passada.

A procura e o consumo de frango, nomeadamente no caso do frango para churrasco, estão muito animados. A relação oferta-procura encontra-se equilibrada.

Litoral Centro

No Litoral Centro não sobra frango para exportação. Verificaram-se alguns acréscimos ao nível das cotações mín. do frango abatido de todas as classes de peso, nas duas áreas, +4 a +9 cêntimos / Kg. Novo decréscimo do frango do campo em Dão-Lafões (-5 cêntimos / Kg). Ligeira diminuição da cotação mín. das galinhas vivas pesadas em Dão-Lafões, -3 cêntimos / Kg.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta foi média e a procura relativamente animada. Estabilidade de cotações, quer do frango, quer do peru – vivos e abatidos – quer das galinhas vivas – pesadas e semi-pesadas.

Ovos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos ovos classificados e embalados em ovotermo das classes de peso M e L sofreram um ligeiro decréscimo em relação à semana anterior, -2 cêntimos / dúzia; estabilidade do ovo a peso (60 a 68 g).

Na região Centro a oferta de ovo foi abundante e a procura animada nas duas áreas de mercado, Dão-Lafões e Litoral Centro.

A oferta e a procura continuam a registar uma ligeira melhoria, encontrando-se a relação oferta-procura equilibrada, no entanto verifica-se algum excedente de ovo da classe de peso S.

As cotações dos ovos, quer a peso, quer classificados – em cartão e ovotermo – de todas as classes de peso, continuaram a manter-se estáveis em relação à semana anterior nas duas áreas analisadas.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de ovo foram médias. Redução das cotações máx. e +freq. dos ovos classificados, em cartão e ovotermo, -5 cêntimos / dúzia para as classes de peso S, M e L e -17 cêntimos / dúzia para a classe XL.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 15 a 21 Julho 2019 foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Anterior Agricultura, solo e sustentabilidade em foco na Faculdade de Ciências
Próximo Cooperativa do Cadaval investe seis milhões de euros em central fruteira

Artigos relacionados

Notícias PAC pós 2020

España y Francia se unen para afrontar “los envites de un cambio de paradigma” de la UE a la PAC

[Fonte: Agroinformacion – PAC]
Los gobiernos de España y Francia han asegurado este martes 5 que ambos países reclaman un presupuesto suficiente para la PAC y han remarcado que la UE está […]

Últimas
Dossiers

InovMilho faz formação sobre fases de desenvolvimento do milho, em Coruche

[Fonte: Agricultura e Mar]
O Centro Nacional de Competências das Culturas do Milho e Sorgo “InovMilho” vai acolher nos próximos dias 5 de Junho e 3 de Setembro, […]