Conferência e Fórum sobre Bio-Regiões

Conferência e Fórum sobre Bio-Regiões

A IN.N.E.R. – International Network of Eco Regions organiza a “Conferência Internacional sobre as Bio-Regiões” durante a 52ª Feira da AGRO, no dia 29 de março, pelas 14:30 horas. Já no dia 2 de abril a agricultura biológica, a sustentabilidade e as bio-regiões estarão em debate no Fórum Internacional sobre Bio-regiões, que se realiza durante a tarde, a partir das 14h00, na sede da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa), em Penafiel.

A Conferência Internacional sobre as Bio-Regiões é organizada pela IN.N.E.R., tendo como parceiros, os Municípios de Idanha-a-Nova, S. Pedro do Sul e Torres Vedras, a Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega, a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima e a Agrobio.

O público-alvo deste evento são os agricultores, os cidadãos, a comunidade escolar, os operadores turísticos, as associações e o poder local.

Com esta conferência a IN.N.E.R. – International Network of Eco Regions pretende incentivar o nascimento de mais Bio-Regiões em Portugal, envolver toda a comunidade na gestão sustentável dos recursos locais, promover a cultura do biológico numa abordagem territorial, contribuir para um desenvolvimento atento à conservação dos recursos, o respeito do meio ambiente, a valorização dos diferentes locais e, desta forma, a qualidade de vida. Nesta conferência, as Bio-Regiões portuguesas vão testemunhar a sua experiência e apresentar a sua estratégia para o futuro.

A agricultura biológica, a sustentabilidade e as bio-regiões estarão em debate na próxima terça-feira, dia 2 de abril, no Fórum Internacional sobre Bio-regiões, que se realiza durante a tarde, a partir das 14h00, na sede da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa), em Penafiel.

Com o Fórum Internacional sobre Bio-regiões procura-se incentivar a gestão sustentável dos recursos endógenos e, consequentemente, do território, não só ao nível da produção biológica, mas através do envolvimento da comunidade local, desde agricultores, produtores, consumidores, escolas, operadores turísticos, instituições, entre outros.

Moderado por José Martino, CEO da Ruris, entidade responsável pelo desenvolvimento do estudo para aferir o potencial económico do setor agroalimentar do Tâmega e Sousa, o painel contará com Jaime Ferreira, Presidente da Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (AGROBIO), Salvatore Basile, Presidente da International Network of Eco Regions (IN.N.E.R.)/ Rede Internacional de Bio-regiões, Armindo Jacinto, Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, primeira bio-região portuguesa a integrar a Rede Internacional de Bio-regiões, e Daniel Queirós, CEO da Biocheers, uma empresa do Tâmega e Sousa especialista na produção, comércio e distribuição de produtos biológicos certificados.

O Fórum Internacional sobre Bio-regiões é organizado pela CIM do Tâmega e Sousa em parceria com a International Network of Eco Regions/Rede Internacional de Bio-regiões.

Na Bio-Região, a promoção dos produtos biológicos articula-se em associação com a promoção do território e das suas peculiaridades, para atingir um plano de desenvolvimento das potencialidades económicas sociais e culturais.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior 250 milhões de euros disponíveis para o fomento nas escolas de uma alimentação saudável das crianças europeias
Próximo Clima económico recupera, mas confiança dos consumidores mantém queda

Artigos relacionados

Últimas

ICNF vai iniciar a 15 de março a “Operação Xylella”

O ICNF vai iniciar no próximo dia 15 de março a “Operação Xylella”, que consiste na realização de um conjunto de trabalhos […]

Notícias inovação

Práticas de reflorestação com coletores de neblina

Projeto ibérico “Life Nieblas” vai ajudar na recuperação de algumas zonas afetadas pelos incêndios na região da CIM Viseu Dão-Lafões. […]

Últimas

I Congresso Global de Citrinos – 5 de Novembro

Decorre a 5 de Novembro, em formato virtual, a primeira edição do Congresso Global de Citrinos, promovido pela Organização Mundial dos Citrinos (WCO) e pela Fruitnet Media International. […]