Confederação diz que agricultores “não são entidades fiscalizadoras” e critica declarações da ministra

Confederação diz que agricultores “não são entidades fiscalizadoras” e critica declarações da ministra

CAP acusa ministra da agricultura de “sacudir a água do capote” no que diz respeito aos migrantes de Odemira.

A Confederação dos Agricultores de Portugal emitiu esta quarta-feira uma declaração em que aponta o dedo a Maria do Céu Albuquerque, ministra da Agricultura, por “sacudir a água do capote” no que diz respeito aos migrantes em trabalho agrícola em Odemira.

Eduardo Oliveira e Sousa, presidente da CAP, repudia as declarações da ministra e sublinha que os agricultores não são entidade

Continue a ler este artigo no Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior Cotações - Frutos Frescos e Secos - 26 de abril a 2 de maio 2021
Próximo Ministra da Coesão defende valorização do interior para combater abandono

Artigos relacionados

Nacional

Inaceitável amadorismo

Há uma semana, o nosso país sentiu uma alta brutal da temperatura atmosférica. Houve avisos e as autoridades tomaram precauções excecionais. […]

Nacional

Investimento de 534.600€ na Mata do Ramiscal e na Mata do Mezio no Parque Nacional da Peneda-Gerês

Através de uma operação de reprogramação de uma candidatura financiada pelo POSEUR, o ICNF irá investir 534.600€ na Mata do Ramiscal e na Mata do Mezio em ações de plantação de espécies autóctones, gestão de combustíveis […]

Formações

Ações de formação “Plano de ação para a vigilância e controlo da vespa velutina em Portugal “níveis básico e avançado”

A DGAV, em colaboração com ICNF, INIAV, FNAP e as Comunidades Intermunicipais do Médio Tejo […]