Comunicado à Produção sobre a cobrilha da cortiça

Comunicado à Produção sobre a cobrilha da cortiça

Tendo chegado ao conhecimento do Grupo Operacional UNDERCORK, dedicado ao estudo da cobrilha da cortiça, a existência no mercado nacional de empresas a promover a aplicação de produtos químicos no montado para combate à cobrilha, entendeu a equipa deste projeto, tornar pública a sua posição de modo a possibilitar aos produtores florestais uma decisão consciente sobre a sua gestão.

  1. À luz do conhecimento atual, não existe nenhum tratamento químico ou biológico, quer a nível nacional quer internacional, que seja eficaz no combate à cobrilha da cortiça;
  2. Acresce a este facto que a aplicação de qualquer produto químico carece de homologação da DGAV – Direção Geral de Agricultura e Veterinária, não estando nenhum produto homologado (nem em vias de homologação) para este efeito;
  3. As larvas de cobrilha morrem aquando do descortiçamento, sendo desnecessária a aplicação de inseticidas ou afins para se atingir este objetivo aquando da extração. As condições que precisam para o seu desenvolvimento são muito específicas, e uma vez expostas morrem sem completar o seu ciclo de vida, quer na árvore, quer nas pranchas de cortiça que foram extraídas, ou seja, não chegam a insetos adultos e não fazem novas posturas;
  4. Desconhece-se ainda a forma como os insetos adultos da cobrilha selecionam os sobreiros para atacar, mas as árvores recém extraídas são as menos interessantes para a realização das posturas de cobrilha, uma vez que ainda não reúnem condições para o desenvolvimento da larva (que se alimenta na camada geradora de nova cortiça) e necessita das camadas externas de cortiça para se proteger.

O grupo operacional UNDERCORK – Gestão Integrada da Cobrilha da Cortiça continua a trabalhar na procura de soluções para a prevenção e combate à cobrilha da cortiça, acompanhando também os trabalhos e publicações a nível internacional. Mais informação sobre este projecto pode ser consultada em https://www.unac.pt/index.php/id-i/grupos-operacionais-accao-1-1-pdr2020/undercork.

Comente este artigo
Anterior Food4Sustainability CoLab inaugurado em Idanha-a-Nova
Próximo Faturação da Ervideira cresce 11% no primeiro semestre do ano

Artigos relacionados

Comunicados

Abertura das Candidaturas à Academia do Centro de Frutologia Compal 2021

Se é empreendedor frutícola e ambiciona expandir o seu negócio, pode candidatar-se até julho em www.centrofrutologiacompal.pt/academia. Este ano, serão […]

Últimas

Governo quer pagar dois mil milhões às empresas em 2018

Desde julho que o Executivo aumentou meta dos pagamentos para 1.250 milhões, em 2017, um crescimento de 25% face aos mil milhões previstos inicialmente. […]

Últimas

Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 11 a 17 Janeiro 2021

Na semana em análise verificou-se uma nova redução da cotação média nacional dos borregos de <12 kg em relação à semana anterior (-17 cêntimos / kg); estabilidade de cotações dos borregos de 22-28 kg e de >28 kg. […]