Como valorizar as amoras silvestres?

Como valorizar as amoras silvestres?

[Fonte: Vida Rural]

As amoras silvestres são um recurso silvestre português que poderá ser valorizado através de uma linha de melhoramento destas espécies para obtenção de frutos de características únicas e de valor acrescentado.

O potencial valor das espécies silvestres de Rubus é elevado, devendo ser introduzidas em programas de melhoramento existentes, de forma a expandir a base genética e a melhorarem o valor nutricional dos mesmos. Para além disso, o crescente interesse dos consumidores por alimentos mais saudáveis é ainda outro motivo pelo qual se deve dar valor às amoras silvestres, uma vez que têm surgido evidências científicas que apontam estas espécies silvestres como superiores às variedades comerciais em termos de possíveis efeitos para a saúde humana.

Veja o artigo completo da equipa de investigação do INIAV aqui.

Comente este artigo

O artigo Como valorizar as amoras silvestres? foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior Governo dos Açores diz que limites de produção de leite penalizam produtores
Próximo Há uma centena de estrangeiros interessados em investir no património português

Artigos relacionados

Nacional

Socorro, estamos sem água. Socorro, a culpa é nossa

[Fonte: SAPO 24]

Um pico de tensão, a electricidade foi-se, logo a bomba de calor e, como consequência, adeus à água quente e aos 22 graus de temperatura, garante do ar condicionado velhinho, velhinho. Estamos pouco ou nada habituados às coisas miúdas do mundo. […]

Últimas

Governo dos Açores vai apoiar com verbas os produtores de carne e viticultores

[Fonte: Açoriano Oriental]

O Governo dos Açores vai disponibilizar verbas do orçamento regional para apoiar os produtores de carne bovina e os viticultores face às “elevadas taxas de rateio” previstas nas ajudas do programa POSEI em 2018, foi anunciado esta terça-feira. […]

Nacional

Governo melhorou condições de acesso das Equipas de Sapadores Florestais aos apoios

[Fonte: Gazeta Rural]

O Governo melhorou as condições de acesso das Equipas de Sapadores Florestais aos apoios, dispensando-as excecionalmente da prestação de garantia bancária para aceder aos apoios financeiros nos anos de 2019, 2020 e 2021. Esta medida aplica-se ao funcionamento de Equipas de Sapadores Florestais que tenham por beneficiários organizações de produtores florestais, […]