Comissão Europeia aprova propostas de alteração dos Açores ao POSEI para 2020

Comissão Europeia aprova propostas de alteração dos Açores ao POSEI para 2020

“O Governo dos Açores já foi informado que a Comissão Europeia aprovou as propostas de alteração ao programa POSEI [Programa de Opções Específicas para o Afastamento e a Insularidade nas Regiões Ultraperiféricas] para 2020 apresentadas pela região, à semelhança do que tem ocorrido nos anos anteriores, algo que consideramos muito positivo para continuar a ajudar o desenvolvimento do setor agrícola nos Açores”, adianta João Ponte, citado numa nota do Governo açoriano.

A mesma nota enviada às redações explica que, “além dos 70,5 milhões de euros anuais destinados ao apoio à produção local no âmbito do POSEI, a região vai complementar com um reforço de cerca de cinco milhões de euros de verbas regionais, para continuar a desenvolver o setor agrícola nos Açores, que tem grande impacto económico, de criação de riqueza e de emprego”.

O titular pela pasta da Agricultura salienta que a proposta de alteração ao programa POSEI para 2020 é resultado de “um trabalho conjunto que tem sido desenvolvido com a Federação Agrícola dos Açores”, o qual tem resultado “em benefícios para os agricultores e para o desenvolvimento sustentável da agricultura açoriana”.

Além disso, “as alterações agora aprovadas pela Comissão Europeia para o próximo ano resultaram também dos contributos dos agricultores, manifestados na apresentação do programa POSEI 2019, que decorreu em várias ilhas”, acrescenta.

“Este será o último programa POSEI do atual Quadro Comunitário de Apoio, que aposta nas nossas produções tradicionais, como o leite e a carne, mas que também apoia de forma expressiva a área da diversificação agrícola, que tem crescido de forma muito sustentável, como é o caso das hortícolas, das frutícolas e da vinha”, sublinha ainda João Ponte.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Açoriano Oriental.

Anterior A azeitona paga ao produtor a pouco mais de 25 cêntimos
Próximo COP25: André Silva alerta para importância de pressionar os governos sobre emergência climática

Artigos relacionados

Nacional

Jaime Gama dá conselhos a produtora de canábis em Cantanhede

O histórico socialista Jaime Gama, atual presidente do conselho de administração da Fundação Francisco Manuel dos Santos e do Novo Banco dos Açores, […]

Últimas
Nacional

País está mais urbano, mais florestal e menos agrícola

[Fonte: Público]
Estudo da Direcção-Geral do Território foi à procura das “dinâmicas territoriais” entre 1995 e 2010. Mais de um milhão de hectares do território nacional mudou de ocupação. […]