Comissão de Ambiente aprova projeto contra sacos de plástico para pão, fruta e legumes

Comissão de Ambiente aprova projeto contra sacos de plástico para pão, fruta e legumes

A comissão parlamentar de Ambiente aprovou esta terça-feira um projeto de lei dos Verdes para proibir a distribuição de sacos de plástico ultraleves e cuvetes de plástico para pão, frutas e legumes no comércio. O projeto é votado na próxima sexta-feira e aplica-se a “todos os estabelecimentos comerciais que vendem pão, legumes e frutas”.

De acordo com a proposta dos Verdes, o objetivo é que em 2020 seja proibido disponibilizar sacos de plástico transparentes nas secções de fruta e legumes, bem como as cuvetes descartáveis, “geralmente envolvidas em plástico ou poliestireno expandido” para esse tipo de produtos.

O objetivo é que as cadeias de distribuição passem a disponibilizar “alternativas de embalagem primária de pão, frutas e legumes vendidos a granel”. Caso não cumpram as medidas, serão sujeitas a coimas, que serão, posteriormente, regulamentadas pelo Governo, com a fiscalização a ficar a cargo do Ministério da Economia.

São várias as cadeias de distribuição, em Portugal, que já começaram a disponibilizar alternativas aos sacos de plástico para as frutas e legumes. É o caso da Auchan, que já tem sacos de poliéster reutilizáveis e laváveis para frutas e legumes, e do Continente, que este ano lançou um projeto piloto para promover alternativas aos sacos de plástico para as frutas e legumes.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Representantes da CPLP reunidos em Idanha-a-Nova para debater sustentabilidade alimentar
Próximo Congresso Nacional das Escolas Superiores Agrárias em Viseu

Artigos relacionados

Sugeridas

As inscrições para o primeiro Concurso de Azeites Online terminam já amanhã

O primeiro Concurso de Azeites Online realizar-se-á já no próximo dia 4 de Junho. […]

Sugeridas

A cultura do abacateiro no Algarve e a sua floração peculiar

Importância da cultura do abacateiro
O abacateiro é uma cultura que tem vindo a crescer na região do Algarve, com uma área plantada que duplicou nos últimos 5 anos e atinge já mais de 1000 ha. […]

Nacional

Ministro diz que não “atira a toalha ao chão” na negociação dos fundos estruturais

O ministro do Planeamento, Nelson de Souza, disse esta sexta-feira que Portugal não vai “atirar a toalha ao chão” na negociação dos fundos estruturais, […]