Comemorações do 30º aniversário da Agromais – um caso de sucesso na agricultura nacional

Comemorações do 30º aniversário da Agromais – um caso de sucesso na agricultura nacional

No âmbito do 30º aniversário, a agromais afirma-se hoje como a maior organização nacional de agricultores na comercialização de cereais e hortícolas.

Com mais de 1.300 associados e uma área de exploração de 10.000 ha, a organização apresenta um volume de negócios consolidado anual de mais de 42 milhões de euros.

Assumindo uma orientação empresarial na sua estratégia de negócio, hoje afirma-se como uma entidade de referência no estabelecimento de parcerias com os agricultores e com a capacidade de agregar esforços para o desenvolvimento de uma agricultura sustentável, competitiva e de futuro.

«A Agromais cresceu e sobreviveu porque se conseguiu adaptar a um mundo que se foi tornando cada vez mais complexo e competitivo. Os 30 anos que aí vêm vão seguramente ser ainda mais desafiantes. É agora essa a nossa missão, crescer nesse mundo.», afirma Luis Vasconcellos e Souza, Presidente da Direcção da Agromais.

As comemorações dos 30 anos da Agromais iniciam-se em Setembro, num encontro com agricultores e colaboradores, no qual são esperados mais de quatro centenas de pessoas.

Comente este artigo
Anterior AgroSemana 2017 - Feira Agrícola do Norte
Próximo Incêndios Florestais “medram” com a Eucaliptização industrial intensiva…

Artigos relacionados

Nacional

Lesados pelos javalis vão ao Ministério da Agricultura. Querem indemnizações

Os agricultores continuam a dizer que os prejuízos provocados pela população descontrolada de javalis são elevados.
Por isso, delegações de agricultores, […]

Dossiers

Novas plantações de vinha limitadas em algumas regiões – despacho

O Governo fixou, a nível nacional e para este ano, limites máximos ao crescimento de novas plantações de vinha em determinadas regiões, atribuindo uma área total máxima de 1.924 hectares, segundo um despacho publicado. […]

Dossiers

Atenção: Estamos em período crítico de incêndios. As queimadas estão proibidas

O período crítico de incêndios rurais decorre entre os dias 1 de Julho e 30 de Setembro e encontra-se definido no Artigo.º 2.º – A da Lei 762018, […]