CIM do Tâmega e Sousa promove visita de campo a explorações vitivinícolas de Vinho Verde

CIM do Tâmega e Sousa promove visita de campo a explorações vitivinícolas de Vinho Verde

Depois das visitas de campo a explorações agrícolas de cogumelos, de kiwis e de mirtilos, a quarta visita de campo a explorações agrícolas organizada pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa), no âmbito de um estudo para aferir o potencial económico do setor agroalimentar da região, será a três explorações vitivinícolas de Vinho Verde: a Quinta de Covela, em Baião, a AB Valley Wines, em Amarante, e a Quinta de Linhares, em Penafiel.

A visita de campo está agendada para o dia 9 de novembro, durante todo o dia, e contempla, além da visita de campo às referidas quintas, um momento de apresentação e discussão do modelo de negócio para a produção de Vinho Verde, com o objetivo de introduzir melhoramentos ao mesmo e fomentar a sua implementação por parte dos participantes.

A visita de campo está limitada a 40 participantes, sendo de inscrição gratuita e com transporte incluído. Os interessados podem inscrever-se até ao dia 6 de novembro, no sítio da internet da CIM do Tâmega e Sousa, acessível em www.cimtamegaesousa.pt, através de e-mail, enviando uma mensagem para geral@cimtamegaesousa.pt, ou pelos telefones 968 385 206 e 255 718 340.

O calendário de visitas de campo a explorações agrícolas e unidades empresariais de referência regional e nacional do setor agroalimentar inclui ainda, até ao final deste ano, mais três visitas, que terão como foco as cerejas, os produtos hortícolas em modo de produção biológico e a carne certificada.

Especialmente dirigidas a produtores ou potenciais interessados em iniciar atividade, comercializadores, técnicos municipais e técnicos de entidades com atuação no setor do agroalimentar do Tâmega e Sousa, estas visitas de campo pretendem proporcionar aos participantes um contacto com exemplos de boas práticas ao nível das técnicas e dos modos de produção e dos modelos de negócio implementados.

Constituem igualmente uma oportunidade para estimular a cooperação entre produtores, permitindo-lhes encontrar, de forma conjunta, soluções para desafios futuros e potenciar a valorização agregada do setor agroalimentar.

As visitas de campo inserem-se no âmbito da operação “Capacitar o Tâmega e Sousa para a Especialização Inteligente”, promovida pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa e pela Associação de Municípios do Baixo Tâmega, sendo cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

CIM do Tâmega e Sousa

29 de outubro de 2018

 

Comente este artigo
Anterior Crédito Agrícola premeia projectos inovadores nos sectores agrícola, agro-industrial e florestal
Próximo Segundo Concurso de Ideias de Negócio AgriEmpreende recebeu 14 candidaturas

Artigos relacionados

Nacional

Incubadora de Base Rural de Guimarães arranca com a 2ª etapa do programa de apoio a empreendedores

Abertura de candidaturas à “Elaboração do Plano de Negócios” está já publicada. Os empreendedores selecionados beneficiarão de apoio gratuito durante 3 meses para elaboração de plano de negócio. […]

Comunicados

Já são conhecidas as dez equipas finalistas do prémio Ecotrophelia Portugal 2018

Foram deliberadas as dez equipas finalistas que concorrem ao Prémio ECOTROPHELIA Portugal 2018. A competição nacional, que se realiza no dia 25 de maio, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, determinará os três melhores produtos em competição, […]

Comunicados

CDS quer saber porque é que a Campanha Nacional de Combate à Vespa Velutina é financiada através do Fundo Florestal Permanente

[Fonte: CDS]
Numa pergunta dirigida ao Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, os deputados do CDS-PP Patrícia Fonseca, […]