CEO do Esporão alerta “governantes a pensarem o modelo de desenvolvimento do Alentejo”, para garantir “água para o novo regadio, e para quem já lá está” (c/som

CEO do Esporão alerta “governantes a pensarem o modelo de desenvolvimento do Alentejo”, para garantir “água para o novo regadio, e para quem já lá está” (c/som

[Fonte: Rádio Campanário] João Roquette, presidente executivo do Esporão (Reguengos de Monsaraz), falou aos microfones da Campanário, onde apontou a necessidade de ser pensado o modelo de desenvolvimento que está a ser levado a cabo na região, e apela ao contributo de todos para assegurar um bom futuro para o Alentejo.

O dirigente alerta para a necessidade de “os nossos governantes pensarem sobre o modelo de desenvolvimento do Alentejo”, nomeadamente a expansão do regadio, para garantir “que haja água para este regadio todo, […] e que esses projetos não retirem água a quem já lá está”, justificando o investimento público feito na região.

“Modelo de desenvolvimento do Alentejo” poderá “por em risco a atividade de agricultura”
João Roquette

Também “o abastecimento de água às populações” é uma preocupação, uma vez que a “qualidade da água vai baixando” com o aumento da procura do Alqueva, “para dar resposta a estes hectares todos de regadio”, salienta o dirigente da produtora alentejana.

João Roquette apela à consciência das pessoas, para “que exerçam a sua cidadania para que o Alentejo vá na direção certa”.

Comente este artigo
Anterior EXPOJARDIM – 22ª Feira de Máquinas, Equipamentos, Produtos e acessórios para Jardinagem
Próximo “10 anos depois o perímetro de rega de Veiros é um sucesso, e um contributo importante para a economia do Alentejo”, diz Ministro da Agricultura (c/fotos)

Artigos relacionados

Sugeridas

Exportação para os Camarões de Pintos do Dia

Demonstrado que foi em abril de 2019 o interesse de Portugal nesta exportação e tendo sido apresentada uma licença de importação que referia a necessidade de certificação oficial sem enunciar condições específicas […]

Últimas

Produção de maçã atinge 340 mil toneladas o valor mais alto desde 1986

[Fonte: Agricultura e Mar]
A produção de maçã deverá atingir as 340 mil toneladas, o valor mais alto desde 1986, […]

Dossiers

2BForest na FACECO 2019, 19-21 de Julho, S. Teotónio, Odemira

[Fonte: 2BForest]

A 2BForest irá estar presente na FACECO – Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira, […]