Centro de Negócios do Fundão e Museu da Vista Alegre ganham Pémios RegioStar 2018

Centro de Negócios do Fundão e Museu da Vista Alegre ganham Pémios RegioStar 2018

O Centro de Negócios e Serviços Partilhados do Fundão (na categoria “Apoiar a transição industrial inteligente”) e o projeto de Reabilitação do lugar da Vista Alegre (na categoria “Escolha do Público”) venceram esta terça-feira os Prémios RegioStars 2018 da Comissão Europeia.

O Centro de Negócios e Serviços Partilhados foi financiado pelos fundos europeus, através Programa Centro 2020, em dois milhões de euros. “Concebido como motor da estratégia local de inovação e investimento, este projeto permitiu atrair 14 empresas TICE e criar 500 postos de trabalho altamente qualificados numa cidade de cariz rural com menos de 15.000 habitantes”, sublinha o comunicado enviado às redações do Centro 2020. “Em quatro anos, o projeto impulsionou um ecossistema integrado que gerou 68 startups e deu suporte a mais de 200 projetos de investimento privado, apostando no R&D, em iniciativas pioneiras de conversão profissional e nas competências digitais”, acrescenta o mesmo documento.

Já o projeto de requalificação e ampliação do Museu da Vista Alegre deu o pontapé de saída da requalificação do chamado “Lugar da Vista Alegre”. Com um investimento total de 44 milhões de euros, apoiado por fundos europeus, através do Centro 2020 e do Compete 2020, foi possível manter 1.495 postos de trabalho e criar pelo menos 100 novos postos diretos. O projeto “fez rejuvenescer o Lugar da Vista Alegre, dando nova vida ao Museu, Capela, Teatro, Recinto, Hotel e Palácio, Creche, Fábrica e Bairro Operário”.

Paulo Fernandes, presidente da Câmara Municipal do Fundão, Ana Abrunhosa, presidente da CCDR Centro e Paulo Soares, administrador da Vista Alegre.CCDR Centro 9 Outubro, 2018

 

Os Prémios RegioStars identificam boas práticas em desenvolvimento regional e destacam projetos originais e inovadores que sejam atrativos e inspiradores para outras regiões.

Comente este artigo
Anterior Agroop quer voar para campos maiores e prepara internacionalização à boleia dos fundos europeus
Próximo Portugal, Espanha e França mantêm defesa da manutenção do orçamento da PAC

Artigos relacionados

Notícias fitofarmacêuticos

Percevejo asiático pode invadir Portugal, alertam cientistas.

Culturas agrícolas como o tomate, milho, pêra, uva e laranja podem vir a ser severamente afectadas, sem que haja ainda uma forma eficaz de controlo. […]

Últimas

Governo diz que “está cumprida” a recomendação para revisão do plano de combate à desertificação

“Eu direi que essa recomendação está cumprida. Ele [o plano] já foi revisto numa boa parte a partir do momento em que o Governo aprovou, […]

Últimas

España y Alemania acercan posturas para defender unos mismos intereses de una PAC ambiciosa

O artigo foi publicado originalmente em Agroinformacion – PAC.
Saiba tudo sobre a reforma da Política Agrícola Comum na nossa página de dossiers Futuro da PAC. […]