ADIADAS – CAP – Eleições 2020-2023

ADIADAS – CAP – Eleições 2020-2023

A Confederação dos Agricultores de Portugal tem acompanhado atentamente o evoluir dos acontecimentos relativos ao surto do novo coronavírus – COVID-19.

No respeito pelo civismo e pelas normas emitidas pela Direcção Geral de Saúde, o Presidente da Mesa da Assembleia Geral da CAP, órgão responsável nestas matérias, decidiu adiar o acto eleitoral para os órgãos sociais da Confederação no triénio 2020-2023.

Assim, o Presidente da Mesa da Assembleia Geral, António Francisco Teixeira, acaba de comunicar o adiamento da Assembleia Geral Eleitoral da CAP, convocada para o dia 22 de Abril de 2020, às 14.00 horas, para data a marcar logo que seja possível.

As eleições para os órgãos sociais da CAP realizam-se no dia 22 de Abril e a documentação referente ao acto eleitoral está disponível no site oficial da Confederação para consulta.

As eleições para os titulares dos órgãos sociais da CAP para o triénio 2020-2023 vão realizar-se no próximo dia 22 de Abril e as convocatórias já foram enviadas para os associados da CAP no pleno gozo dos seus direitos sociais.

A data limite para apresentação de candidaturas ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral será o dia 23 de Março. 

A convocatória, a lista dos associados em condições de exercer o direito de voto e apresentar listas e o Regulamento Eleitoral poderão ser consultados em:

https://www.cap.pt/associativismo/eleicoes-cap

O artigo foi publicado originalmente em CAP.

Comente este artigo
Anterior ADP Fertilizantes mostra a importância das mulheres na agricultura
Próximo ADIADO - Encontro de Primavera “As túberas e o Montado” - 21 de março - Coruche

Artigos relacionados

Últimas

Corredor ecológico de 120 mil hectares vai atravessar o Vale do Côa

Um corredor ecológico vai atravessar o Vale do Côa, desde Vila Nova de Foz Côa até à Serra da Malcata, no concelho do Sabugal. […]

Nacional

António Costa revela que eleição das Comissões de Coordenação regionais avança em 2020 para dar confiança à regionalização

“Já no primeiro semestre de 2020, queremos que seja possível proceder ao reforço da legitimidade democrática para que as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional [CCDR] possam assumir plenamente o desenvolvimento de estratégias regionais. […]