Borrego Leonor & Irmão celebra 50 anos ao serviço da agricultura

Borrego Leonor & Irmão celebra 50 anos ao serviço da agricultura

Borrego Leonor & Irmão celebra 50 anos ao serviço da agricultura A Borrego Leonor & Irmão S.A. comemorou o 50º aniversário num almoço convívio que reuniu cerca de 800 convidados no CNEMA, em Santarém, a 20 de janeiro.

Estiveram presentes colaboradores, parceiros de negócio e amigos da empresa, num tributo ao seu fundador, Joaquim Borrego, que compareceu à cerimónia. Durante o almoço foi transmitido um vídeo sobre os 50 Anos da empresa, no qual parceiros de negócio e amigos recordaram a história da Borrego Leonor & Irmão S.A., dando testemunho do seu percurso no mercado agrícola e do contributo para a agricultura do Ribatejo e do país. A tarde foi animada por alguns momentos musicais com o Grupo Gentes de Almeirim, o Quarteto Nelson Pisco e a banda de David Antunes.

No discurso comemorativo dos 50 anos, Paula Borrego, Presidente do Conselho de Administração da Borrego Leonor & Irmão S.A, agradeceu o contributo de todos os parceiros de negócio e dos colaboradores da empresa.

«Somos e sempre fomos a empresa de referência do mercado agrícola. Estes predicados só são possíveis com o elevado empenho da nossa equipa administrativa, comercial, técnica e de logística, que na realidade são o nosso maior ativo.Temos um conjunto de fornecedores fiéis, os mais importantes a nível nacional e internacional, que nos têm ajudado a promover as novas soluções e as mais adequadas para cada um dos nossos clientes, respeitando as melhores práticas agrícolas, ambientais e simultaneamente atingindo boas rentabilidades económicas», afirmou a administradora.

Para o futuro próximo, a empresa Borrego Leonor & Irmão S.A. projeta um investimento em novas instalações na zona industrial de Almeirim, de modo a centralizar serviços, armazéns e áreas comerciais, e deixa em aberto uma eventual expansão para o Sul do país.

«Estamos bastante confortáveis com a nossa área geográfica de atuação, mas sempre atentos aos movimentos do setor e poderemos a qualquer momento reforçar a nossa presença no Alentejo, especialmente para acompanhar os nossos clientes de anos que começaram a explorar as potencialidades do Alqueva», acrescenta a administradora.

A inovação da empresa passará também por uma aposta clara nos serviços de agricultura digital. A Borrego Leonor & Irmão S.A. dispõe desde 2012, de uma App que agiliza o processo de aconselhamento e relação da sua equipa técnico-comercial com os empresários agrícolas e há dois anos iniciou projetos piloto na área da agricultura de precisão por deteção remota (vulgarmente designada por “imagens de satélite”) com uma empresa local que forneceu o primeiro serviço deste tipo a nível nacional.

«No futuro iremos ser inovadores na agricultura digital, onde podemos contar com os melhores serviços internacionais e nacionais dos nossos parceiros tecnológicos e comerciais», revela Paula Borrego.

Comente este artigo
Anterior Afetados dos Incêndios de Outubro avançam para manifestação a 2 de Fevereiro
Próximo Plano de Abertura de Candidaturas do PDR2020 para 2018

Artigos relacionados

Últimas

Governo reforça defesa da floresta com 20 M€

Estão já abertas as candidaturas aos apoios disponibilizados pelo Governo para reforçar a defesa da floresta contra danos causados por agentes bióticos (pragas e doenças). […]

Nacional

Incêndios. 3.100 animais sem comida. IACA apoia produtores com 6 toneladas de alimento

A IACA – Associação dos Industriais de Alimentos Compostos para Animais está a entregar, de forma solidária, as primeiras toneladas de alimentos compostos, […]

Últimas

Agricultura em tempo de crise – Desafios e oportunidades das cadeias de abastecimento – 21 de abril

No seguimento do primeiro debate relativo à “Agricultura em tempo de crise” que se focou no futuro e como preparar o que aí vem, decorrerá no […]