Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Julho de 2019

Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Julho de 2019

[Fonte: INE: publicações]

Breve síntese sobre a evolução da produção e dos preços na agricultura e pescas

Previsões Agrícolas

As previsões agrícolas, em 30 de junho, apontam para uma diminuição generalizada nos rendimentos unitários dos cereais de outono-inverno, em resultado das elevadas temperaturas e escassa precipitação de março. Estimam-se diminuições de 10% no trigo e cevada e de 15% no triticale e aveia. Quanto às culturas de primavera-verão, prevê-se a manutenção da tendência de redução das últimas campanhas para a área de milho, com menos 4 mil hectares semeados. No arroz e na batata, antecipam-se aumentos de 5% na produtividade, enquanto no tomate para a indústria e no girassol deverá registar- -se uma manutenção dos resultados alcançados na campanha anterior.

Nos pomares prevêem-se aumentos de produção nas prunóideas, em particular nos pessegueiros (+10%) e nas cerejeiras (que regressa a uma produção próxima das 19 mil toneladas). Nas pomóideas, as macieiras também deverão aumentar a produtividade (+20%), em particular no interior Norte, ao passo que nas pereiras, em consequência de vingamentos irregulares, esperam-se diminuições de 10%.

Gado, aves e coelhos abatidos

O peso limpo total de gado abatido e aprovado para consumo em maio de 2019 foi 39 881 toneladas, o que correspondeu a um acréscimo de 1,8% (+9,6% em abril), devido ao maior volume de abate registado nos suínos (+4,0%), ovinos (+6,5%) e equídeos (+114,3%). O peso limpo total de aves e coelhos abatidos e aprovados para consumo foi 30 608 toneladas, o que representou também um aumento de 2,8% (-1,6% em abril), devido ao maior volume de galináceos (+5,4%).

Produção de aves e ovos

O volume de produção de frango teve um aumento de 4,5% (+0,7% em abril), com 27 002 toneladas. Pelo contrário, a produção de ovos de galinha para consumo decresceu 5,2% (+15,2% em abril), com 8 915 toneladas produzidas.

Produção de leite e produtos lácteos

As 171,3 mil toneladas de leite de vaca recolhido refletem um decréscimo de 2,9% em relação ao mês homólogo (-1,4% em abril). O fabrico de produtos lácteos foi também inferior em 6,1% (-5,4% em abril), devido sobretudo ao decréscimo do volume do leite para consumo (-7,7%), leites acidificados (-6,4%) e manteiga (-3,1%).

Preços e índices de preços agrícolas

Em junho de 2019, as variações mais significativas, em módulo, no índice de preços de produtos agrícolas no produtor foram observadas nos suínos (+12,6%), batata (-27,9%), azeite a granel (-13,6%), ovos (-12,3%) e frutos (-9,0%). Em comparação com o mês anterior, as variações de maior amplitude verificaram-se nos hortícolas frescos (+16,7%), suínos (+5,8%), batata (-44,9%), frutos (-8,2%), plantas e flores (-7,6%) e ovinos e caprinos (-6,7%). Em março de 2019, o índice de preços de bens e serviços de consumo corrente (INPUT I) aumentou 1,6%, enquanto o índice de preços de bens e serviços de investimento (INPUT II) cresceu 1,1%. Relativamente ao mês anterior, observaram-se igualmente acréscimos de 0,4% e de 0,2% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente e no índice de preços de bens e serviços de investimento, respetivamente.

→ Consulte aqui o documento ←

Comente este artigo

O artigo Boletim Mensal da Agricultura e Pescas - Julho de 2019 foi publicado originalmente em INE: publicações.

Anterior Previsões agrícolas do INE: quedas de 10% no trigo e cevada. Arroz e batata crescem 5%
Próximo InvestBraga assina protocolo com Fundación Semana Verde da Galicia para agropecuária

Artigos relacionados

Comunicados

Considerações: Workshop Contabilidade e Fiscalidade no Agroalimentar

 

Plano de Desenvolvimento do Setor Agroalimentar do Baixo Tâmega – Food Cluster Revolution
AEA promoveu o workshop “Contabilidade e Fiscalidade no Agroalimentar”
Foi no passado dia 18 de março, pelas 10h, em Baião, que aconteceu a terceira sessão de trabalho, destinada a criar mais dinâmica no sector agroalimentar da região, […]

Nacional

Jovens Agricultores serão mais apoiados no novo Quadro Comunitário que entra em vigor a partir de 2020

[Fonte: Mensageiro de Bragança]
O novo Quadro Comunitário, que estará em vigor de 2020 a 2030, prevê um aumento dos incentivos para os Jovens Agricultores.
A garantia foi deixada por Hugo Almeida, representante da Comissão Europeia, num seminário de agricultura realizado em Vinhais, […]

Sugeridas

Brexit and the CAP

Um estudo de pormenor feito por Daniel Guégen, antigo Secretário Geral do COPA/COGECA, e Michel Jacquot, antigo membro do gabinete de Delors. O estudo avalia as possibilidades de contiuar ou não a haver acesso ao mercado da UE, desde que o Reino Unido respeite a maioria da legislação da UE. […]